Desempenho social

Competitividade + conhecimento: a fórmula de bons resultados

Para que o País se torne cada vez mais competitivo, a companhia investe nos pilares que entende como fundamentais para o impacto positivo na sociedade, da educação e capacitação ao empreendedorismo e geração de emprego e renda.

Investimentos no Brasil

Para que o País se torne cada vez mais competitivo, a companhia investe nos pilares que entende como fundamentais para o impacto positivo na sociedade, da educação e capacitação ao empreendedorismo e geração de emprego e renda. Em 2010:

  • • Foram investidos R$ 19,5 milhões em programas de cidadania corporativa.
  • 2,9 milhões de brasileiros foram beneficiados em todo o País.
  • • Foram capacitados 32,9 mil educadores e 26,9 mil alunos de escolas públicas.
  • 2,8 milhões de jovens e adultos foram capacitados para o mercado de trabalho.
  • 28,9 mil estudantes e profissionais foram treinados nos 25 Centros de Inovação e instituições de ensino parceiras.
  • 1.135 startups foram apoiadas por meio de programas de incentivo ao empreendedorismo no País.



Valores de Investimentos Sociais da Microsoft Brasil

Tabela de Valores de Investimentos Sociais da Microsoft Brasil

Apoio à implantação da Universidade Aberta do Brasil (UAB) na África

Foram criados três centros, um deles no Instituto Nacional de Educação a Distância (INED) em Maputo, visitado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A iniciativa foi concretizada graças ao apoio privado e à parceria com a Organização dos Estados Ibero-americanos (OEI). O governo brasileiro pretende ampliar a oferta da UAB a outros países de língua portuguesa do continente africano, com apoio da Microsoft Brasil. A companhia se comprometeu a fornecer apoio financeiro ao projeto, principalmente na estruturação dos polos de educação a distância. A UAB é um sistema integrado por universidades públicas que oferece cursos de nível superior a distância para camadas da população que têm dificuldade de acesso à formação universitária.

Portal Fome Zero dissemina boas práticas

O uso criativo, inovador e múltiplo da tecnologia ajuda pessoas, grupos e organizações a alcançarem seu potencial pleno. Alinhada às diretrizes do governo para o desenvolvimento socioeconômico do País, a Microsoft Brasil atua com a ONG Ação Fome Zero no programa federal. O foco é disseminar as boas práticas de alimentação em escolas públicas por meio do Portal da Boa Gestão da Merenda Escolar. O site dá visibilidade às referências e permite que as iniciativas sejam replicadas em municípios brasileiros de todas as regiões.

Qualidade na Educação

Ajudar alunos e educadores a alcançarem seu potencial pleno. Essa é a missão do programa Parceiros na Aprendizagem, lançado mundialmente em 2003, e que traduz o compromisso da Microsoft de contribuir para a melhoria da qualidade da educação no Brasil. As iniciativas educacionais estão alinhadas com as diretrizes governamentais e metas de evolução do ensino básico. O foco é a capacitação de professores dos ensinos fundamental e médio das escolas públicas para que repliquem os conhecimentos e conteúdos adquiridos aos seus estudantes. A aplicação é feita por meio de parcerias sólidas com as secretarias de educação estaduais e municipais. Em 2010, foram 36.493 educadores e 30.490 estudantes capacitados.

Desde 2003, são:
  • 473,9 mil educadores de escolas públicas capacitados
  • 382,2 mil estudantes de escolas públicas capacitados
  • 19 mil escolas públicas beneficiadas

Os programas sustentam os três objetivos de atuação:
1. Desenvolver Competências

Aluno Monitor - Formação básica de informática totalmente on-line, em um total de 140 horas, em parcerias com as Secretarias de Educação. Em 2010, foram 24.381estudantes e educadores formados em São Paulo, Rio de Janeiro, Sergipe, Rio Grande do Sul (parcerias estaduais) e em Florianópolis (parceria municipal).

Desafio Digital - Formação continuada do Aluno Monitor. Identifica novos talentos para a área de desenvolvimento de softwares. Implantado em São Paulo, Rio Grande do Sul, Ceará e Tocantins (parcerias estaduais) e em Londrina (parceria municipal), beneficiou 3.252 pessoas.

Oficinas de Criação Digital - Workshop de um dia com roteiro prático para a utilização das tecnologias interativas, em São Paulo, Rio de Janeiro e Bahia.

Conteúdos Educacionais - Portal que reúne materiais educacionais gratuitos para download. Contempla o conhecimento acumulado nos sete anos de existência do Parceiros na Aprendizagem, além de acesso a softwares que auxiliam no desenvolvimento de projetos para o ensino.

Pilares da Educação Digital - Formação on-line de professores de educação básica para o uso das tecnologias na sala de aula, com conteúdo atualizado e incentivo à inovação e criatividade. Programa inicial implantado em Feira de Santana, na Bahia, e no Rio de Janeiro.

2. Promover comunidades de aprendizagem

Ponto de Encontro - Ambiente colaborativo para o debate de melhores práticas educacionais, em parceria com a Fundação Victor Civita.

Blog Educadores Inovadores - Espaço para compartilhamento de informação, conhecimento e opiniões.

Fórum Microsoft de Educação Inovadora - Lançado em 2010, no Brasil, o evento em São Paulo reuniu 289 profissionais da educação presencialmente e mais 2.500 pessoas on-line para a troca de experiências e conhecimento sobre o uso da tecnologia na educação.

3. Expandir práticas inovadoras

Prêmio Microsoft Educadores Inovadores - Reconhece os melhores projetos educacionais que fazem uso da tecnologia, multiplicando as possibilidades didáticas em sala de aula. Na 5ª edição, em 2010, foram 1.056 projetos inscritos, com 12 finalistas e quatro ganhadores na etapa nacional. Na etapa mundial, na Cidade do Cabo, África do Sul, o projeto Escola na Nuvem recebeu o 2º Lugar na Categoria Conteúdo, utilizando o conceito tecnológico de computação na nuvem por meio das ferramentas do Windows Live. Outro destaque foi o projeto Campo Sustentável, que ensina os produtores rurais a usarem as ferramentas tecnológicas a favor da agricultura, visto por um diretor de escola pública da Cidade do Cabo, traduzido e implantado.

Escolas Inovadoras - Em 2010, entre mais de 200 concorrentes no mundo todo, foram eleitas as novas escolas inovadoras, entre elas a brasileira Escola Municipal de Ensino Básico Darcy Ribeiro, de Taboão da Serra, na Grande São Paulo. A escola será orientada para evoluir na gestão e na capacitação em tecnologias e práticas educativas em um processo de mentoring conduzido pela escola inovadora de 2009, o Núcleo Avançado de Educação (Nave), do Rio de Janeiro.

Capacitação para o mercado de trabalho

Ao investir na qualificação gratuita de estudantes de ensino médio, técnico, graduação e pós-graduação, a Microsoft colabora para a geração de emprego e renda no Brasil. Mais de 90 mil jovens brasileiros foram beneficiados nos últimos três anos. O programa Students to Business tem seu valor percebido pelas empresas e estudantes como um canal efetivo de formação, oferta e aproveitamento de pessoal capacitado para atuar em uma área que exige conhecimento técnico, criatividade e inovação.

Em 2010, foram:
  • 89.273 jovens inscritos nas duas edições, realizadas em 26 cidades de 15 Estados – Amazonas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Minas Gerais, Paraíba, Pará, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e Sergipe – e o Distrito Federal.
  • 905 estudantes concluíram a capacitação no período.

O S2B conta com treinamentos nas áreas de Desenvolvimento de Software, Infraestrutura, Banco de Dados, Criação de Websites e CRM (Dynamics). Compreende feira de empregos e Portal de Vagas, além de download gratuito dos softwares utilizados nos treinamentos.

S2B Advanced

A qualificação que resulta na empregabilidade pode ser medida no interesse de 48 empresas Patrocinadoras que ajudam a consolidar a conexão entre o estudante e o mercado de trabalho. Em Porto Alegre, foi criado o S2B Advanced para a Dell, que solicitou à Microsoft a capacitação extra de um grupo de 32 formandos no S2B, conforme demandas específicas da empresa. Destes, 12 foram contratados pela Dell e os outros 20 por empresas do mercado.

Comunicação e colaboração na nuvem com Live@edu

O Live@edu traduz o conceito de Computação em Nuvem e permite o acesso ao que há de mais inovador em soluções para as instituições acadêmicas. O programa permite que as entidades mantenham plataformas de comunicação hospedadas nos data centers da Microsoft, como serviços de e-mail e armazenamento de arquivos, obtendo ganho quanto à filtragem de spams, manutenção, segurança e privacidade dos usuários. Estes, por sua vez, têm acesso gratuito a produtos de desenvolvimento e softwares profissionais. O Centro Paula Souza acredita no Live@edu como o seu grande canal de comunicação e colaboração entre alunos, funcionários e professores de 198 Escolas Técnicas (Etecs) e 49 Faculdades de Tecnologia (Fatecs) no Estado de São Paulo.

DreamSpark: download gratuito de softwares

Estudantes do ensino médio e universitários podem fazer o download gratuito de softwares para desenvolvimento e design, desde que tenham um Live ID (senha para entrar nos serviços Windows Live). Desde 2010, os usuários do Live@edu têm acesso ao DreamSpark, programa que permite aos cadastrados baixar os aplicativos e os mais avançados softwares para design, como Visual Studio e SQL Server. Existem treinamentos em português e inglês no portal do programa, com recursos multimídia, e-books e cursos gratuitos on-line. Os inscritos podem acessar o DreamSpark por 12 meses e renovar por igual período.

Shape the Future: alianças para a inclusão digital e educação

Usar todo o seu arsenal tecnológico e a infraestrutura de Computação em Nuvem para promover a inclusão digital associada à capacitação por meio de alianças estratégicas com governos (estaduais e municipais) e instituições privadas. Assim, a Microsoft apoia os parceiros na formatação mais adequada, envolvendo outros atores do mercado, como fabricantes, provedores, produtores parceiros e empresas de telecomunicações. Como parte do Shape the Future, o programa Novo Amanhã, lançado em agosto de 2010, promove a inclusão digital e a qualificação de servidores públicos. Facilita a aquisição de computadores por crédito consignado, em portal desenvolvido pela Microsoft, com preços mais acessíveis que no mercado e custo zero para a administração pública. Já foi assinado com as prefeituras de Ourinhos (São Paulo) e Feira de Santana (Bahia).

Com a Secretaria da Educação de São Paulo, a Microsoft desenvolve, desde 2008, o programa que oferece a condição de pagamento que contempla crédito consignado e taxa zero de juros e de IOF aos educadores da rede pública. Já são 45 mil notebooks adquiridos pelos educadores, que têm acesso a softwares, programas de capacitação em TI e desenvolvimento de aulas com ferramentas tecnológicas. Foram mais de 400 mil computadores entregues em dois anos e meio, com foco nos Estados:

  • São Paulo: 27 mil
  • Rio Grande do Sul: 45 mil
  • Rio de Janeiro: 27 mil
  • Pernambuco: 26 mil

Apoio ao empreendedorismo

Em linha com a capacitação de jovens para o mercado de trabalho, a Microsoft Brasil fomenta e incentiva o empreendedorismo por meio de programas como BizSpark e BizSpark One, os quais oferece gratuitamente para as microempresas de TI (startups), com pacote de dezenas de softwares, suporte, treinamento e mentoring. Também há contato com investidores e apoio em competições de planos de negócios no Brasil e no exterior. O objetivo é colaborar para reduzir a taxa de mortalidade dessas microempresas e acelerar o seu crescimento, gerando renda e empregos.

Centros de Inovação Microsoft (MICs)

Os 25 Centros de Inovação Microsoft (MICs) oferecem treinamento e suporte tecnológico para transformar ideias em produtos e soluções. Funcionam em instituições parceiras e dividem-se em três tipos:

  • • Economia Local de Software: ações destinadas ao desenvolvimento das micros e pequenas empresas de TIC;
  • • Laboratórios de Interoperabilidade: projetos para integrar plataformas Microsoft a recursos open source e vice-versa;
  • • Laboratórios de Segurança: foco na segurança da informação e da Internet.

MICs Balanço 2010
  • • 1.135 startups capacitadas
  • • 2.000 horas de treinamentos técnicos
  • • 3.251 profissionais treinados
  • • 44.500 pessoas beneficiadas

Espaço para estudantes de talento

O Innovation Projects, projeto piloto desenvolvido pelo MIC de Belo Horizonte tem como objetivo apoiar estudantes a transformar ideias pioneiras em negócios de sucesso. Profissionais de startups e empresas participam como parceiras e proporcionam a orientação necessária (mentoring) para os estudantes, de forma presencial. São cinco categorias: Projeto de Software, Sistemas Embarcados, Jogos Digitais, Mídia Digital e Projeto de TI. As etapas acontecem de novembro de 2010 a julho de 2011.

BizSpark Camps

Os MICs são lugares ideais para oferecer apoio às startups. Utilizam-se a infraestrutura e a qualificação dos Centros para promover treinamentos sem custos em tecnologias inovadoras. O objetivo é realizar desde palestras até provas de conceito para que o projeto se transforme rapidamente em um protótipo de solução para o mercado. Com a consultoria e o mentoring adequados, a empresa recebe apoio para desenvolver inovação e transformar ideias em oportunidades de negócios. Os treinamentos aconteceram em cidades como Porto Alegre, Curitiba, Joinville, Blumenau, Belo Horizonte, Salvador, Recife, Fortaleza, Rio de Janeiro e Vitória.

Inovação para o negócio
  • • Em 2010, três empresas foram apoiadas via BizSpark One, em que a Microsoft atua como consultora: Córtex Intelligence (RJ), P3D (SP) e Compra3 (PR). Elas recebem mentoring para aprimorar seus planos de negócios e se internacionalizar.
  • • Desafio Brasil: a competição de startups – parceria da Fundação Getulio Vargas e da Intel –, com patrocínio da Microsoft, recebeu 162 projetos de inovação tecnológica de todo o País.

Até o início de 2012, a região do projeto Porto Maravilha, na área de revitalização da zona portuária do Rio de Janeiro, contará com um polo de produção de soluções de TI para as áreas de petróleo e gás, com o apoio da Microsoft Brasil. O chamado Parque Tecnológico Barão de Mauá ficará abrigado em antigas instalações da CEG – empresa do Grupo Gas Natural Fenosa – no centro da capital fluminense.

Imagine Cup

O Brasil manteve a sua posição de destaque na Imagine Cup 2010, 8ª. edição da Copa do Mundo de Computação, em que foi vice-campeão e respondeu por 84 mil do total de 325 mil inscritos (25,8% dos participantes). Foram cinco equipes brasileiras (24 estudantes) na final mundial, em Varsóvia (Polônia). Pelo terceiro ano consecutivo, os participantes se propuseram a criar tecnologias inovadoras que pudessem solucionar os principais problemas da humanidade, de acordo com as Oito Metas do Milênio estabelecidas pela ONU. A equipe Uptiva Dreams IT, formada por alunos da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), conquistou o 2º lugar na categoria “Interoperabilidade”. O projeto BioRider pretende melhorar o trânsito e reduzir a poluição ao incentivar a carona e integrar tecnologias como Silverlight 3, SQL Server e GMaps a redes sociais. Por meio de sensores em carros, o sistema automaticamente detecta problemas como tráfego e buracos, e envia as informações às redes sociais.

As equipes finalistas, em seis categorias, foram:
  • Sistemas Embarcados – Equipe T.M.D. (UFPE-PE)
  • Game Design – Equipe PapaPurë. (Unesp-SP)
  • Mídia Digital – Equipe LiveMind. (Senac-SP)
  • Projeto de Software – Equipe Proativa Team (UFPE-PE)
  • Próxima Geração Web – Samba Samba (Unesp-SP)
  • Windows Internet Explorer 8 – Samba Samba (Unesp-SP)

WebsiteSpark

Em 2010, dobrou o número de profissionais da web no programa gratuito WebSiteSpark, que oferece a designers e desenvolvedores as ferramentas e recursos para a criação de sites, com foco em microempresas com até 25 funcionários, agências digitais ou autônomos. Foram 1.585 beneficiados. O programa dura três anos. Após seis meses, o beneficiado deve relatar um site hospedado em Windows Server.

Compromisso com a inclusão digital

A Microsoft promove o fortalecimento das entidades do terceiro setor, a inclusão digital, a capacitação de jovens e adultos para o mercado de trabalho, a geração de emprego e renda, a acessibilidade e o desenvolvimento nacional. Em 2010, as ações atingiram 4,6 milhões de pessoas. Destas, 2,8 milhões passaram por cursos de capacitação e 1,8 mil foram beneficiadas indiretamente.

Capacitação tecnológica

A Microsoft Brasil mantém parcerias estratégicas com ONGs que tenham grande capilaridade e desempenho comprovado na capacitação e inserção de jovens e adultos no mercado de trabalho. Mais do que qualificar, o propósito é contribuir para a geração efetiva de emprego e renda. A parceria Microsoft Brasil e Oxigênio Desenvolvimento de Políticas Públicas e Sociais resulta na integração digital por meio de programas como o Projovem Trabalhador, com o Ministério do Trabalho e Emprego. A Oxigênio capacita jovens e adultos no Programa Próximo Passo, vinculado ao Bolsa Família, cujos diversos cursos utilizam o conteúdo da Microsoft Brasil. Em parceria com a Oxigênio, foram beneficiadas, em 2010, mais de 3,4 milhões de pessoas. Com o CDI – Comitê para a Democratização da Informática, a capacitação de 1.190 jovens resultou na geração de 698 empregos no ano. Com o Instituto Crescer para a Cidadania, foram 120 instrutores de TI capacitados em 33 Telecentros, que atuaram como multiplicadores para treinar mais de 20.000 pessoas diretamente e outras 100 mil indiretamente. A Associação Telecentro de Informação e Negócios (ATN) apoia uma rede de Telecentros em todo o Brasil e utiliza o conteúdo de inclusão digital da Microsoft Brasil com vista à empregabilidade. No ano, foram mais de 280.000 pessoas treinadas e outras 400 mil beneficiadas.

Apoio à AACD / Teleton

Pelo terceiro ano consecutivo, a Microsoft Brasil participou do Teleton, maratona televisiva transmitida pelo SBT para arrecadar recursos para a Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD). A companhia realizou uma doação de mais de R$ 2,5 milhões em licenças de software e 24 computadores para dar suporte à instituição na oferta de serviços e na gestão de projetos sociais. Eduardo George, 22 anos, portador de uma doença rara que o deixou sem movimento nos membros superiores e inferiores, utiliza em seu dia a dia o computador graças às ferramentas de acessibilidade do Windows.

Inauguração dos Centros POETA para pessoas com deficiência e comunidade

Em 2010, foram inaugurados dois centros do programa Poeta (Parcerias para Oportunidades de Emprego através da Tecnologia nas Américas) na capital paulista e em Santo André, (Grande São Paulo). São locais que oferecem treinamento em TI às pessoas com deficiência e membros da comunidade. O objetivo é promover a inclusão no mercado de trabalho. Os centros são coordenados pela ONG eleita no Brasil para ser a representante do Poeta, a Avape (Associação para Valorização de Pessoas com Deficiência). No total, 186 pessoas foram capacitadas e 687 beneficiadas com os serviços dos centros.

Fundação Bienal de São Paulo

Como parte do apoio à arte e à cultura, a Microsoft Brasil doou à Fundação Bienal de São Paulo cerca de R$ 1 milhão em licenças de softwares como SharePoint 2010, SilverLight, Visual Studio, SQL, Expression, Dynamics, ForeFront e Windows Server. Foram criados os sites da 29ª edição da Bienal de São Paulo e da página institucional da Fundação. A doação da companhia foi incorporada pelo Projeto Educativo da Bienal para promover a formação de professores da rede pública de ensino em São Paulo sobre temas ligados à arte contemporânea.

Conexão Digital

A Microsoft Brasil promove encontros entre organizações sociais para debater como a tecnologia pode auxiliar o terceiro setor. Em 2010, foram seis eventos realizados, cinco presenciais, nas cidades do Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Salvador e São Paulo, onde ocorreram dois encontros, o segundo durante o evento ONG Brasil, e um evento totalmente virtual. Ao todo, 850 pessoas de 630 ONGs participaram dos encontros.

Doação de Softwares

A política de doação de softwares tem como alvo as organizações sem fins lucrativos que promovem ações sociais. Em 2010, 197 ONGs foram beneficiadas, em um total de R$ 15,5 milhões em licenças de softwares doados. A Microsoft conta com o apoio do programa TechSoup Brasil no gerenciamento do processo de doação, fazendo com que entidades do terceiro setor tenham fácil acesso aos produtos Microsoft.

Apoio ao Prêmio Prefeito Inovador, do MBC

A Microsoft apoia o Movimento Brasil Competitivo (MBC), que realiza o Prêmio Prefeito Inovador. A 2ª edição reconheceu a inovação e as boas iniciativas na modernização de serviços públicos. TI é uma peça-chave nesse processo, ajudando no aprimoramento da gestão pública e no melhor atendimento aos cidadãos. O número de prefeituras participantes mais que triplicou: 102 municípios inscritos de nove Estados brasileiros (foram 29 em 2009).

A prefeitura de Maringá recebeu 100 computadores para a rede pública de ensino, como a grande vencedora nacional, com destaque para:
  • • Avanço na informatização em áreas prioritárias, como saúde, gestão, administração, meio ambiente e ouvidoria.
  • • Portal da Transparência, que divulga todos os atos da administração.
  • • Telecentros e acesso a todos os serviços no site da prefeitura.

Parcerias com o poder público em 2010

Com o Ministério do trabalho e Emprego, há um acordo de cooperação técnica para desenvolver ações do Plano Setorial de Qualificação (PlanSeQ) Próximo Passo Tecnologia da Informação e oferecer qualificação básica em informática no Programa Nacional de Inclusão de Jovens – ProJovem Trabalhador. As ações são executadas por meio da ONG Oxigênio. A Microsoft Brasil conduz o programa Alfabetização Digital para jovens, oferecido pelo sexto ano consecutivo. São 200 horas básicas de duração, totalmente on-line. Outro exemplo de parceria ocorreu com a Prefeitura do Rio de Janeiro para modernizar o sistema de informática, com programas de inclusão digital, consultoria, cursos de capacitação e doação de conteúdo, softwares e hardwares para órgãos municipais e informatização da rede de ensino. Com o Governo do Estado do Rio de Janeiro, foi firmada uma parceria para a universalização do conhecimento em Computação em Nuvem, com cursos de capacitação e doação de conteúdo, softwares e serviços de internet para a população local e pequenas e médias empresas. Em evento realizado no Ministério da Defesa, a Microsoft Brasil anunciou seu apoio a seis estados da Região Norte (Acre, Amazonas, Amapá, Pará, Rondônia e Roraima) para a montagem de Centros Integrados de Desenvolvimento Regional (CIDR).

Incentivo à pesquisa no Brasil

O Instituto Microsoft Research-Fapesp de Pesquisas em TI investiu R$ 3,5 milhões em 15 projetos científicos, em todo o Brasil, desde 2007. Em 2010, cinco foram concluídos e a entidade promoveu uma chamada pública para selecionar novos estudos de pesquisadores associados a universidades e institutos de pesquisa do Estado de São Paulo. A parceria entre a Microsoft Brasil e a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) estimula a inovação, apoiando uma rede de pesquisas que gere conhecimentos em relação à Ciência da Computação e suas aplicações na saúde, na agricultura e no meio ambiente.

TI no combate à cegueira

No instituto de computação da Universidade Estadual de Campinas (IC-Unicamp), é desenvolvido um estudo para identificar imagens de retina para detectar e/ou prevenir problemas de visão relacionados ao diabetes. Os pesquisadores criaram um sistema que analisa, à distância, imagens obtidas por scanners de retina. O benefício é enorme para comunidades que não dispõem de médico especialista. Um protótipo foi testado e comparado com os métodos tradicionais. Foram 2.382 imagens selecionadas e avaliadas por especialistas, com apenas 5% de falsos-negativos. Serão mantidos os testes em 2011.

Programa de estágio remunerado para cientistas

Por meio da Microsoft Research, a companhia mantém o programa Internships/Fellowships, que oferece estágio remunerado de 12 semanas no laboratório de pesquisas da empresa em Redmond (Washington-EUA) e bolsas de estudos de dois anos para doutorado. Em 2010, foram 62 inscritos da América Latina, sendo 24 brasileiros. Dos oito premiados com estágio, três são do Brasil: Heitor Soares Ramos Filho (Universidade Federal de Minas Gerais), Henrique Emanuel Mostaert Rebelo (Universidade Federal de Pernambuco) e Fabiano de O. Lucchese (Universidade Estadual de Campinas). Heitor também recebeu uma bolsa de estudos de doutorado

Rede de sensores para estudar a Amazônia

Uma rede de sensores sem fio, na região Amazônica, para monitorar em tempo real dados que ajudarão a compreender os fenômenos climáticos na floresta. Essa tecnologia foi desenvolvida com base no primeiro experimento com uma rede wireless que coleta dados sobre umidade, temperatura e os fluxos de dióxido de carbono e água, realizada no Instituto Florestal na Mata Atlântica, em São Luiz do Paraitinga (SP). O diferencial é a combinação de sensores mais robustos, preços acessíveis e operação remota, que viabilizam o monitoramento ambiental de alta frequência e tridimensional a partir de uma “teia” em grandes áreas. Ao final de 2010, os pesquisadores avaliavam os protótipos para os testes em 2011, na Amazônia, em área coberta por milhares de sensores. O projeto é conduzido pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) e pelo Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas da Universidade de São Paulo (USP).

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística foi um dos dez reconhecidos no prêmio de inovação da Unesco e da Netexplorateur pela realização do Censo 2010 de forma totalmente digital, com o uso de tecnologia móvel, em projeto desenvolvido pela Microsoft Brasil. Pioneira no mundo, a iniciativa trouxe benefícios operacionais, econômicos

A Microsoft forneceu tecnologia inovadora para o CPqD na área de rádios cognitivos para a pesquisa no Brasil, que melhorem a eficiência no uso do espectro eletromagnético. O objetivo é desenvolver um projeto piloto de banda larga utilizando os espaços em branco do espectro de radiofrequência digital (White Spaces).

Leia o conteúdo completo

A Microsoft Brasil e o impacto de TI

Confira grandes números, resultados e a participação da companhia no desenvolvimento de novas tecnologias e no suporte à capacitação de jovens e adultos em todo o País.

Leia mais

Faça o download do Relatório de Impactos na Sociedade 2010 em PDF.
Leia o Relatório na íntegra
Se sua máquina não tiver Silverlight, clique aqui para fazer o download