Histórias de ONGs
Aprenda com outras ONGs como elas estão usando a tecnologia para reduzir custos, melhorar a eficácia e permitir serviços mais significativos para as comunidades que elas ajudam.

Qualidade nos conteúdos e capacitações de tecnologia oferecida ao Terceiro Setor

Case ITEVA

O Instituto Tecnológico e Vocacional Avançado – Iteva é uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público – OSCIP, situado no município de Aquiraz, no Ceará. O instituto desenvolve, desde 1993, programas e projetos de produção científica, difusão tecnológica e capacitação técnica. Destaca-se o Projeto Midiacom, que qualifica profissionalmente jovens estudantes de escolas públicas em tecnologias da informação (TI) e comunicação.

O Midiacom se consolidou ao ultrapassar o limite da capacitação técnica, oportunizando a prática de valores éticos, a ascensão cultural, técnica e pessoal aos alunos e, principalmente, o encaminhamento dos jovens formados ao mercado de trabalho. Isso possibilitou romper efetivamente o ciclo de ignorância e pobreza na qual, com raríssimas exceções, a maioria dos jovens vindos de famílias pobres está destinada.

Hoje, o projeto detem importantes certificações e prêmios, e está replicando sua metodologia em outras instituições pelo país, encarando novos desafios e oportunidades.

A Microsoft apoia o Midiacom por meio da doação substancial de softwares, possibilitando a qualificação nas ferramentas mais atualizadas que o mercado utiliza. E por meio do Microsoft Innovation Center de Fortaleza foi possível a realização de uma empreitada inédita: inserir jovens do Projeto Midiacom no Programa Microsoft Students to Business, capacitando-os na área de TI. Ao final do curso, eles foram certificados e premiados com colocações de destaque no programa, ratificando a fala do próprio presidente da Microsoft Brasil, Michel Levy, que: “Talento não escolhe classe social, etnia ou região geográfica, oportunidade sim”.

Veja mais sobre os resultados da parceria Microsoft e Iteva e conheça o Projeto Midiacom.

Assista ao video.

A Tecnologia Reduzindo Barreiras e Beneficiando Pessoas com Deficiências

Caso AACD & Teleton

A AACD (Associação de Assistência à Criança Deficiente) é uma organização que visa promover a prevenção, habilitação e reabilitação de pessoas com deficiência física, especialmente de crianças, adolescentes e jovens, favorecendo a integração social.

A Microsoft realizou uma importante doação para a instituição em licenças de software com o intuito de oferecer ferramentas que possam ajudar a instituição no gerenciamento de seus projetos focados na saúde e bem estar de pessoas com deficiência.

Além do fortalecimento da AACD em si, a Microsoft acredita que a tecnologia reduz barreiras e faz com que qualquer ser humano, atrás de um computador, possa desenvolver seu potencial e se comunicar de igual para igual.

Em 2010, a AACD completou 60 anos e realizou uma especial comemoração na Campanha Teleton exibida no canal de televisão SBT. Muitas histórias de vida que foram transmitidas pela TV e, em especial, destacamos a de Eduardo S. dos Santos George, um estudante e trabalhador cujas deficiências foram minimizadas com o uso da tecnologia. Eduardo trabalha e se relaciona como qualquer pessoa através do uso do computador.

Assista a História de Eduardo e veja um belo exemplo de superação e conquistas!

Caso POETA

A ONG Trust for the Americas, braço social da OEA (Organização dos Estados Americanos), em parceria com a Microsoft e a AVAPE (a Associação para Valorização de Pessoas com Deficiência) inauguraram o primeiro Centro do Programa POETA (Parcerias para Oportunidades de Emprego através da Tecnologia nas Américas) no Brazil. O principal objetivo do Centro é prover treinamentos em tecnologias da informação para pessoas com deficiência para que possam se qualificar para o mercado de trabalho.

A Microsoft apoia o programa desde seu início, em 2004, na inauguração do primeiro Centro na Guatemala. Este é o centésimo Centro que se une à rede POETA, que está presente em 20 países da América Latina e Caribe. Além dos recursos de acessibilidade disponíveis no próprio Windows, as ferramentas Microsoft permitem fácil adaptação às chamadas tecnologias assistivas, necessárias para a inclusão digital de pessoas com necessidades especiais.

Assista ao vídeo e conheça o Programa POETA

Aumentando a produtividade através do uso da Tecnologia

Caso Fundação Bienal

A Microsoft realizou uma significativa contribuição com licenças de software para a Fundação Bienal, permitindo a criação de dois interessantes websites: www.30bienal.org.br e o site institucional www.fbsp.org.br. Os sites foram desenvolvidos em plataforma Sharepoint e Silverlight, permitindo criativas maneiras de exibição de imagens, vídeos, entre outros.

O site possibilitou que a Fundação atingisse o seu público de uma forma mais interativa. Professores, alunos e o público em geral tiveram a oportunidade de acessar conteúdos da alta atratividade cultural, mostrando o comprometimento da Fundação e da Microsoft com a educação e engajamento com a cultura.

ATN e CEDIS do Brasil um Caso de Sucesso

Um caso de sucesso que merece destaque na rede ATN – Associação Telecentro de Informação e Negócio é o exemplo do Telecentro CEDIS (Centro de Ensino à Distância) do Brasil, localizado na cidade de Socorro, interior de São Paulo. Esta unidade é hoje um modelo de referência em Educação à Distância - EaD e tem como foco principal a oferta de curso de graduação e pós-graduação devidamente autorizados pelo Ministério da Educação – MEC, por meio da parceria que a ATN tem com a Universidade Metropolitana de Santos – UNIMES. O CEDIS atende hoje mais de 400 estudantes da localidade e alcançaram a sua sustentabilidade por meio da remuneração advindas da porcentagem que recebem das mensalidades dos cursos de graduação e pós-graduação EaD. Hoje, oferecem programas de bolsas de emprego e cursos gratuitos para a rede de ensino.

Saiba mais sobre essa história, assista ao vídeo: Eu Faço o que gosto.

Melhorando a comunicação e colaboração

Caso Parceiros Voluntários

A maior necessidade de quem coordena Projetos e Organizações Sociais é ter processos definidos e transparentes, dentro de métodos unificados, visando a gestão de processos eficaz, eficiente e efetiva, para obter Indicadores qualitativos e quantitativos. A Parceiros Voluntários, pela sua experiência e prática, em 2007 propôs à Microsoft o desafio de desenvolver uma solução WEB que disponibilizasse para toda a Sociedade uma ferramenta que apoiasse os processos de gestão, estímulo à formação de redes colaborativas entre os diversos públicos e desse visibilidade para o Movimento do Voluntariado.

Iniciou-se, então, esta parceria, em que a Parceiros Voluntários aportou seus conhecimentos e experiências e, a Microsoft, os recursos humanos e materiais necessários para o desenvolvimento da solução. Nasceu em 2008 a solução VISÃO INTEGRAL DO VOLUNTARIADO, cujo nome inspirou-se no conceito dado por Ken Wilber, em seu livro Uma teoria de Tudo, que afirma o real significado da palavra integral que é: “reconciliar, juntar as partes, unir, abraçar. Essa palavra remete à idéia de unidade na diversidade, de compartilhar atributos comuns e respeitar nossas incríveis diferenças.”

“O Portal é uma ferramenta de gestão que pretende ir além de apoiar os processos de gestão de voluntários... visa aumentar a visibilidade, o alcance do Movimento do Voluntariado... e estimular a formação de redes colaborativas entre os diversos públicos” acrescenta José Alfredo Nahas, Gerente da Parceiros Voluntários.

Assista ao vídeo.

Sustentabilidade ambiental e empreendedorismo

Caso Fundetec - FUNDAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO DA TECNOLOGIA, EDUCAÇÃO E COMUNICAÇÃO:

O Projeto Remanufatura de Computadores da Fundação FUNDETEC (Fundação para o desenvolvimento da Tecnologiam Educaçao e Comuncação), atende semestralmente 120 jovens, entre 16 e 20 anos de idade, oferecendo qualificação profissional na área de tecnologia, com cursos de especialização em: montagem, manutenção, reciclagem de computadores; nivelamento de português e matemática. O Projeto, apoiado pela Secretaria de Participação e Parceria e pela Secretaria do Desenvolvimento econômico e do Trabalho do Município de São Paulo, apresenta-se como uma ação inovadora no cenário brasileiro devido ao impacto que causa nos seguimentos ambiental, social e econômico:

Impacto ambiental: por livrar o meio ambiente do lixo eletrônico que seria descartado na natureza sem cuidados específicos: a chamada poluição tecnológica;

Impacto econômico: possibilita qualificação profissional aos jovens de baixa renda, despertando-o para o empreendedorismo;

Impacto social: gera novas perspectivas de inserção no mercado de trabalho numa área em expansão mundial, que é a tecnológica, além da orientação profissional, proporciona também uma orientação de cidadania provocando mudanças de valores nos jovens atendidos.

Assista ao vídeo para entender como funcionam os cursos de Reciclagem e manufaturas de PCs da Fundetec

Multiplicando o conhecimento com as ferramentas Microsoft

Caso de sucesso do Instituto Crescer

Receber a doação de software da Microsoft é um passo importante para aprimorar a gestão de ONGs e telecentros. Conhecer o potencial dos recursos Microsoft e se inspirar em boas práticas torna-se fundamental a partir deste momento.

O Instituto Crescer desenvolveu um currículo específico para explorar os recursos Microsoft no contexto de cada instituição e aproveita esta oportunidade para criar uma discussão mais ampla com foco na elaboração de projetos para apresentação à investidores em potencial, estratégias para comunicação de suas ações e práticas para gestão dos recursos. Como resultado, as instituições se sentem mais fortes para participar da sociedade contemporânea, mais preparadas para cumprir sua missão e buscar a sua sustentabilidade.

Um bom caso de sucesso que ilustra esta parceria da Microsoft com o Instituto Crescer são as capacitações para Telecentros. A formação feita em parceria com a Secretaria de Ciência e Tecnologia do Município do Rio de Janeiro capacitou 23 gestores e instrutores de 9 Telecentros cariocas, beneficiando aproximadamente 1000 pessoas que frequentarão diariamente estes locais.

Segundo Luciana Allan, diretora executiva do Instituto, “esta formação é importante para promover oportunidades de organizações do terceiro setor e de telecentros terem mais qualidade para atendimento ao seu público final, questão valorizada nas empresas e que também deve ser foco no terceiro setor”. Além disto, complementa Luciana, "o aprimoramento da gestão dos telecentros do Rio de Janeiro é fundamental devido aos desafios que este município enfrentará nos próximos anos ao receber eventos de grande porte".

Assista ao vídeo e veja o sucesso desta capacitação no Rio de Janeiro feita pelo Instituto crescer, no blog contruídos pelas próprios alunos do curso.