Clique aqui para instalar o Silverlight*
BrasilAlterar|Todos os sites da Microsoft
Windows Server System
Get the Facts 


Estudos de Caso de Clientes
Compare, através do testemunho de clientes, os custos e benefícios da plataforma Windows Server com outras disponíveis no mercado. Confira o que as avaliações destes clientes relevam sobre o TCO (custo total de propriedade, confiabilidade, segurança, suporte e outros quesitos).
Estudos de Caso: Empresas de todos os portes Selecione o porte da empresa por número de funcionários     
Aços Groth
Aços Groth resolveu substituir o Linux devido à dificuldade de manutenção. A empresa alinhou seu desejo de reduzir o custo total de propriedade (TCO) de seus sistemas à vontade de criar um ambiente de trabalho mais amigável e produtivo. Para isso, resolveu modernizar seu ambiente de TI contando com o Microsoft Windows Server 2003. As metas de economia foram alcançadas e a tão almejada mobilidade para seus profissionais, conquistada.
Açotubo
7/01/2005
A Açotubo adotou o MS Office System 2003 para aumentar a produtividade e o atendimento ao cliente. Preocupada em manter o alto padrão de atendimento ao cliente e aumentar a produtividade da equipe, a Açotubo investiu em tecnologia Microsoft para substituir o OpenOffice.
Associação Paulista de Supermercados
Ao identificar que sua infra-estrutura de TI não oferecia condições para melhor atender os associados, a APAS deu início a um processo de modernização apoiado em soluções Microsoft. Assim, a entidade conseguiu promover a melhor colaboração de tarefas entre seus vários departamentos, o que resultou na redução dos prazos de atendimento a seus associados.
Ativo.com
O aumento de usuários e a demanda por novos serviços levaram a ativo.com a migrar sua plataforma de Linux para Microsoft .NET. Com o novo ambiente, a empresa pretende obter maior facilidade de programar novos serviços e customizar ofertas para o cliente.
ATN Network
Depois de passar por diversas tecnologias ao longo de oito anos, a ATN decidiu reestruturar suas atividades para uniformizar a equipe de criação em torno da plataforma Microsoft de desenvolvimento.
Banrisul
A desatualização dos terminais das agências e dos postos de atendimento do Banrisul emperrava o desenvolvimento de aplicações melhores e mais velozes. Para pôr fim a esses e outros problemas, o banco optou por padronizar sua estrutura tecnológica com o Windows XP.
Bombas Leão
A Bombas Leão enfrentava dificuldades para administrar, de forma eficiente, os arquivos em sua rede e seus usuários. Depois de passar pelos ambientes Novell e Linux, a empresa decidiu migrar para servidores Microsoft. Como resultado, agora conta com muito mais facilidade de gerenciamento, maiores de níveis de segurança para as informações de negócios e recursos mais avançados de colaboração.
BOVESPA
5/29/2007
A Bolsa de Valores de São Paulo (BOVESPA) migrou sua infra-estrutura inteira de tecnologia para um ambiente com base Microsoft, utilizando o Microsoft SQL Server 2005, e agora está apreciando um maior desempenho, estabilidade e segurança, assim como um menor custo de propriedade.
COC
7/01/2005
O COC utilizava o sistema Windows em baixa plataforma e em algumas aplicações, mas também tinha soluções rodando em Linux. Ao repensar a forma como sua estrutura de TI havia sido concebida, concluiu-se que a desejada redução de TCO só seria alcançada com o Windows. Para se ter uma idéia, até agora o COC conseguiu uma redução de 30% no custo de gerenciamento com o Windows.
Conbras Engenharia
A Conbras decidiu abandonar a plataforma Linux e promover uma reformulação na sua infra-estrutura de comunicação e troca de informações com tecnologias Microsoft. Dessa forma, pôde oferecer aos gerentes de operação, instalados em seus inúmeros clientes, ferramentas de colaboração mais robustas e eficientes que elevaram os níveis de produtividade e geraram mais valor para os clientes.
Cooperativa Central de Crédito Rural SP
Atuando como representante do Banco Central, a Cooperativa Central de Crédito Rural do Estado de São Paulo (Cocecrer) não pode descuidar da segurança das informações com as quais trabalha. A instituição padronizou sua infra-estrutura com plataformas Microsoft, investindo em uma concepção moderna de TI com baixos custos operacionais que, além de garantir total controle de acesso aos seus dados, garantirá condições para a maior produtividade e para o crescimento da cooperativa.
D'avó Supermercados
Recentemente, a rede de supermercados D'avó decidiu adotar uma plataforma de banco de dados de 64 bits, o Microsoft SQL Server 2005, para apoiar as operações de seu cartão de crédito de bandeira própria. Com as ferramentas de BI integradas, o grupo sempre terá à disposição informações para tomar decisões rápidas e precisas que garantirão melhor atendimento ao público e excelentes resultados para o grupo.
Drogasil
A fim de eliminar os problemas atuais, a rede de farmácias Drogasil se aliou à plataforma Microsoft Windows Server 2003 e definiu um novo ambiente de TI, mais produtivo e seguro. Com uma solução de cluster, passou a contar com planos de contingência mais eficientes, que prontamente restabelecem seus processos vitais em caso de incidente. Dessa forma, garante a atividade das lojas, preservando a saúde não só de seus clientes, mas também de seus negócios.
Expresso Jundiaí
Alinhar a tecnologia às necessidades de negócios foi o que o Expresso Jundiaí fez quando investiu na migração de seu sistema de front-end. Ao portar a solução para o universo web, contando com a tecnologia .NET da Microsoft, a transportadora ganhou agilidade com informações em tempo real para atender aos seus clientes com serviços de qualidade superior. Também aperfeiçoou suas operações, ganhando em eficiência e redução de custo.
Flextronics
A Flextronics precisava de uma solução que fizesse o rastreamento de todos os equipamentos e ferramentas a fim de agilizar e tornar preciso o cálculo do custo de cada linha de produção. O Flextronics Instituto de Tecnologia (FIT) criou um mix de hardware e software, batizado de Flex Track, para fazer a leitura de etiquetas implantadas nos equipamentos da empresa. Essa espécie de robô foi desenvolvida em plataforma .NET, com Microsoft Visual Studio e linguagem C#.
Funcesi
A Funcesi deu início a um processo de reformulação de sua infra-estrutura de rede, que havia passado por um período de crescimento desordenado. A instituição decidiu abandonar o sistema operacional Linux, e o sistema de gestão educacional baseado em Oracle. A diretoria da Fundação entendeu que os benefícios trazidos pela plataforma Microsoft seriam muito maiores ao longo do tempo, com garantia futura de suporte e continuidade dos produtos.
Fundação Dom Aguirre - UNISO
Com um público de 10 mil alunos e uma preocupação constante em adotar tecnologia de ponta em sua rede - tendo as melhores ferramentas disponíveis para seu corpo docente e estudantes -, a Fundação Dom Aguirre (UNISO), localizada na cidade de Sorocaba (SP), utilizava, desde 1999, a plataforma Sun Solaris/Unix com sistema operacional Linux, buscando alinhar-se com as práticas de mercado da época.
Fundação Padre Anchieta
7/01/2005
No final de 2004, a Fundação decidiu reformular a infra-estrutura de TI que estava defasada em cerca de oito anos. Foram implantados 12 novos servidores com Windows Server 2003 e aproximadamente 350 estações com Windows XP e Office 2003.
Fundação Visconde de Porto Seguro
7/01/2005
A Fundação Porto Seguro adotou uma solução de BI que utiliza o SQL Server e Office 2003. A Gestar, parceira da Microsoft especializada em Educação, atendeu às necessidades dos sistemas financeiro, acadêmico e de gestão, de serem gerenciados por uma única plataforma de desenvolvimento e da solução ser baseada em .NET. Além disso, o licenciamento acadêmico da Microsoft permitiu que a Porto Seguro adquirisse soluções tecnológicas de ponta em condições facilitadas de pagamento.
Gates do Brasil
Gates atualiza infra-estrutura com Windows Server 2003 e AD, promove melhorias na administração do seu ambiente de TI com do Microsoft SMS e padroniza seu sistema de correio eletrônico com as demais filiais internacionais da companhia adotando o Exchange Server.
Grupo Heringer
A Heringer precisava de um ambiente tecnológico que permitisse melhor comunicação entre funcionários e clientes. Para isso, decidiu trocar uma solução baseada em Linux pelo Microsoft Exchange Server 2003. Resultado? Economia de custos e novas possibilidades comerciais.
Grupo JBS
26/02/2009
A aquisição de empresas e o crescimento dos negócios colocaram o Grupo JBS, produtor e exportador de carne bovina, frente a uma nova realidade.
Hexis Científica
Com problemas de acesso aos recursos da rede, o serviço de help desk era solicitado com muita freqüência. Com o apoio da L2W, a empresa migrou para plataforma Microsoft. O File Server/Print Server foi substituído pelo Microsoft Windows Server 2003 e dois servidores de e-mail (Groupwise) deram lugar ao Microsoft Exchange Server 2003. A migração facilitou o acesso aos dispositivos e deu autonomia aos usuários, com redução de 40% no número de chamadas ao help desk.
IBGE
Para realizar o Censo Agropecuário e a Contagem da População, os 82 mil recenseadores do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) não precisam mais recorrer a centenas de questionários de papel. Em vez disso, utilizam Pocket PCs com Microsoft Windows Mobile e GPS integrado. A mudança trouxe várias vantagens. Antes de 2000, todos os dados eram transcritos. Agora, com os PDAs, os pesquisadores só precisam chegar a um dos locais informatizados e enviar as informações.
iG Empresas
Atenta às necessidades de performance e atualização do iG, a Microsoft propôs a migração para o ambiente Microsoft Windows Server 2003, indicando o parceiro ITGROUP para dar apoio ao projeto. Mais de 450 mil sites Linux foram migrados para a plataforma Microsoft. Além de garantir melhor desempenho, o novo ambiente possibilitará a oferta de serviços que promoverão maior interação dos clientes no site hpG a partir de agosto de 2007.
ITGROUP
Depois de implantar um novo sistema de relacionamento com clientes baseado no Microsoft Dynamics CRM 3.0 e complementá-lo com a adoção dso 2007 Microsoft Office system, o ITGROUP viu a possibilidade de otimizar seus processos com o formato Open XML. Desde junho de 2007, a empresa está colhendo os benefícios da integração de sua base de conhecimento e de sua central de relacionamento a outros processos de negócios do ITGROUP. Além de contribuir para acelerar a elaboração de propostas e assim prestar melhores serviços aos clientes, o Open XML, com sua capacidade de gerar arquivos bem menores, também aumentou, em pelo menos um ano e meio, a sobrevida dos recursos usados no armazenamento dos documentos.
Light
Ao assumir o controle da Light, companhia de energia elétrica do Rio de Janeiro, a Rio Minas Energia agiu rápido. A companhia traçou um Plano de Transformação, que incluía 14 projetos com foco no cliente, controle de perdas, aspectos regulatórios entre outros. Muitas das mudanças recaíam sobre a área de TI. Para tornar o ambiente mais dinâmico, a empresa se baseou na metodologia da Microsoft, que mede a maturidade do uso de TI, e iniciou um projeto de reorganização do ambiente. A migração da rede Novell para o Microsoft Windows Server 2003 marcou a primeira fase da iniciativa. Outras soluções foram implementadas, como o Microsoft System Center Operations Manager 2007, o Microsoft ISA Server, o Microsoft Exchange 2007. Os resultados são visíveis. A companhia ganhou um choque de modernização, com aumento da produtividade e maior segurança do ambiente, além de redução dos gastos com TI.
Livraria Saraiva
2/5/2007
A Livraria Saraiva adotou o sistema operacional Windows Embedded for Point of Service que, já que é específico ao varejo, exige pouca configuração para um equipamento de ponto de serviço, e melhorou e acelerou a experiência de serviço ao cliente.
LocaWeb
Pioneirismo é uma das principais marcas da LocaWeb, empresa que em 1997 inovou ao oferecer em serviços profissionais de hospedagem no Brasil. Desde o início de suas atividades, a LocaWeb usa servidores Windows com Internet Information Server (IIS) como plataforma para hospedar os sites de seus clientes. Prevendo a evolução dos aplicativos para .NET, foi novamente pioneira em 2001, sendo a primeira empresa a oferecer soluções de hospedagem compatível com essa arquitetura Microsoft. Para dar continuidade ao crescimento de seus negócios, a LocaWeb homogeneizou sua plataforma Microsoft com o Windows Server 2003 e passou a incentivar seus clientes a adotarem o Windows como base de hospedagem dos sites e assim contar com serviços de alta qualidade.
Medley
7/01/2005
Para apoiar a evolução dos negócios, o departamento interno de TI da Medley promoveu a remodelação completa do ambiente, elevando significativamente o número de servidores e estações para dar melhores condições de trabalho a toda equipe operacional da empresa. A adoção da plataforma Microsoft deu à companhia maior sustentabilidade às suas operações e projetos.
Programmer's
Com o objetivo de manter-se competitiva, a Programmer's apostou no padrão Open XML para desenvolver uma aplicação de nota fiscal eletrônica. A aplicação foi implementada usando como base a planilha Excel, cuja interface é familiar à maioria dos usuários, e que não exige conhecimento específico nem uma estrutura robusta de hardware. A empresa identificou ganhos de 50% em produtividade no desenvolvimento com Open XML e aproveitamento dos recursos financeiro e intelectual.
Ribeirão System Informática
A Ribeirão System Informática tinha o desafio de implementar a Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) em dois de seus clientes. A empresa optou pelo ambiente .NET, da Microsoft, devido à flexibilidade de desenvolvimento. Decisão firmada após evento do Innovation Lab.
Sucos del Valle
6/22/2006
A Sucos del Valle mudou do SUSE Linux versão 8.0 para o Microsoft Internet Security and Acceleration Server 2004, e atualizou-se para o Microsoft Windows Server 2003, que melhorou a confiabilidade do sistema, facilitou sua administração e aumentou a eficiência da tomada de decisões.
TecBan
7/01/2005
Com o anúncio de que o OS/2 será aposentado definitivamente em 2007, a Tecban passou a buscar um substituto para o sistema operacional usado pelos terminais de auto-atendimento da rede Banco24Horas. Por contar com o respaldo de uma companhia preocupada com vanguarda tecnológica e segurança, o Windows XP foi eleito como solução. Uma gama maior de ferramentas de desenvolvimento aumentou a agilidade da Tecban na oferta de soluções aos bancos.
Unisul
Após avaliar algumas soluções, a Unisul optou por migrar para uma plataforma baseada em Microsoft e iniciou a implementação do Microsoft Exchange Server 2003, do Microsoft Windows Server 2003, com seu serviço Active Directory, e do Microsoft Systems Management Server 2003 (SMS). O retorno sobre investimento do projeto (ROI) foi de nove meses e a instituição destaca como principais benefícios da iniciativa o ganho de qualidade, a escalabilidade e a garantia de suporte.
Universidade de Sorocaba (UNISO)
12/18/2006
A Universidade de Sorocaba (UNISO) se compromissou com a Techne para direcionar os problemas de TI, e a Techne implantou uma solução com base em Lyceum, com uma infra-estrutura de TI com base no portfólio de produtos de servidor Microsoft, resultando em uma redução de 60% no custo de TI para a UNISO.
UOL Host
Maior portal brasileiro de internet, o UOL iniciou em 2007 a criação de seu braço corporativo de webhosting, o UOL Host. O desafio era criar uma plataforma segura, com baixo custo de operação e que atendesse às altas expectativas da empresa e do usuário final. Com a ajuda dos profissionais da Microsoft, o UOL Host tornou-se, em fevereiro de 2008, a primeira empresa brasileira de hosting e uma das primeiras no mundo a oferecer a plataforma Windows Server 2008. Em três meses de operação, a empresa conseguiu cinco mil novos clientes, atraídos em parte à estabilidade e segurança oferecidos pelo Windows Server 2008.
Accenture
3/7/2007
A Accenture melhorou os sistemas herdados com a padronização de sua organização interna de TI e a execução de aplicações globais com tecnologias Microsoft, criando um ambiente tecnológico ainda mais flexível, econômico e simplificado.
ADDmakler
01/12/2008
Com um investimento superior a 1 milhão de reais, a corretora de seguros catarinense ADDmakler decidiu padronizar todo o seu parque tecnológico com soluções Microsoft - trocando inclusive o hardware - para apoiar a operação em suas dez filiais. A força motriz desse processo foi a necessidade de garantir mais segurança e agilidade às informações dos clientes. Para tanto a companhia, que atua com gerenciamento de riscos industriais e corporativos, escolheu como plataforma antivírus o Microsoft Forefront. Além de conquistar mais segurança e rapidez para a tomada de decisão, a empresa conseguiu reduzir significativamente o custo de manutenção da infra-estrutura.
Advanced Micro Devices (AMD)
11/29/2006
A Advanced Micro Devices aumentou a velocidade da aplicação chave de planejamento de produção com sua recopilação para ser executada no sistema operacional Windows Server 2003 R2 (que foi 58% mais rápido que o sistema operacional Linux), obtendo um ambiente de TI muito mais fácil de ser gerenciado.
 


©2016 Microsoft Corporation. Todos os direitos reservados. Entre em contato |Nota Legal |Marcas comerciais |Política de Privacidade
Microsoft