Clique aqui para instalar o Silverlight*
BrasilAlterar|Todos os sites da Microsoft
Windows XP
|Segurança em Casa|Microsoft em Casa|Microsoft no Trabalho

Perguntas freqüentes do Windows Movie Maker 2.1

Estas são algumas das perguntas mais freqüentes nos 18 grupos de notícias do Microsoft Windows XP. Para participar desses grupos de notícias, lendo mensagens ou postando seus próprios comentários, consulte os Grupos de notícias do Microsoft Windows XP.


Instalando o Windows Movie Maker 2.1

P.Como consigo o Windows Movie Maker 2.1?
R.

O Windows Movie Maker 2.1 é um recurso do sistema operacional Windows XP SP2. Para atualizar para o Windows XP SP2, vá para o site do Windows Update.

P.Depois de atualizar para o SP2 com o Pacote de Interface do Usuário Multilíngüe do Windows XP instalado, constatei que estou com uma versão anterior do arquivo de Ajuda do Windows Movie Maker. O que posso fazer para corrigir esse problema?
R.

Instale os Pacotes de Interface do Usuário Multilíngüe (MUI, Multilingual User Interface) mais recentes para o Windows Movie Maker 2.1. Você pode baixá-los do Centro de Download.

P.
R.

Salvando um filme

P.Quando eu salvo um filme do Windows Movie Maker 2.1. para uma fita em uma câmera de vídeo digital, por que aparecem pequenas manchas azuis no meu vídeo?
R.

A unidade de disco rígido não consegue enviar continuamente informações suficientes, o que faz com que o computador não seja capaz de enviar à câmera de vídeo digital todas as informações de vídeo necessárias. Para corrigir esse problema, tente um ou mais destes procedimentos:

Verifique se o local de armazenamento temporário especificado no Windows Movie Maker tem uma grande quantidade de espaço em disco disponível não fragmentada. Quando você salva o filme em uma fita de vídeo digital, o Windows Movie Maker cria um arquivo DV-AVI temporário que pode ser enviado de volta para sua câmera. Esse arquivo pode ser muito grande (aproximadamente 13 gigabyte (GB) por hora de vídeo); nesse caso, o Windows Movie Maker tentará usar o maior espaço não fragmentado disponível no local temporário.

Para determinar o local de armazenamento temporário para vídeo no Windows Movie Maker, no menu Ferramentas, clique em Opções e anote o caminho na caixa Local de armazenamento temporário.

Para determinar se o disco rígido está fragmentado, clique em Iniciar, aponte para Todos os programas, depois para Acessórios, em seguida para Ferramentas do sistema e clique em Desfragmentador de disco.

Para obter mais informações sobre o Desfragmentador de Disco, consulte a Ajuda correspondente.

Verifique se você está usando uma unidade de disco rígido rápida. Para obter melhores resultados, escolha um local de armazenamento temporário em uma unidade de disco rígido com velocidade de 7200 RPM. Atualmente, a velocidade do disco rígido da maioria dos laptops é de 4200 RPM.

Feche todos os programas em execução antes de salvar o filme novamente na fita de vídeo digital. Programas que precisem acessar a unidade de disco rígido podem tornar o computador mais lento durante a gravação do filme.

Verifique se o local de armazenamento temporário está localizado em uma partição NTFS (descompactada) em vez de FAT32. Para obter informações sobre como converter uma partição FAT32 em NTFS, consulte este artigo da Base de Dados da Microsoft.

P.Quando eu salvo um filme na fita da minha câmera de vídeo digital, por que perco os primeiros segundos do meu vídeo?
R.

Os primeiros segundos do seu filme podem não estar sendo gravados com êxito na fita. Isso ocorre se a câmera de vídeo digital não iniciar suficientemente rápido ao salvar um filme em uma fita de vídeo digital no Windows Movie Maker. Nesta situação, o Windows Movie Maker começa a enviar o vídeo para a câmera antes que ela esteja pronta para começar a gravar na fita, por isso os primeiros segundos do filme não são gravados na fita de vídeo. Você pode contornar esse problema desta forma: crie uma imagem com um quadrado preto, adicione-a ao storyboard/linha do tempo para que seja exibida durante alguns segundos e tente salvar o filme novamente na fita.

Para criar e adicionar uma imagem ao storyboard/linha do tempo:

1.

Clique em Iniciar, aponte para Todos os programas, depois para Acessórios e clique em Paint>.

2.

No menu Imagem, clique em Atributos.

3.

Na área Unidades, selecione Pixels.

4.

Na caixa Largura, digite 320. Na caixa Altura, digite 240.

5.

Na caixa de ferramentas, clique em Preencher com cor e escolha preto como a cor do preenchimento.

6.

No menu Arquivo, clique em Salvar. Na caixa Nome do arquivo, digite um nome para a imagem e clique em Salvar.

7.

Abra o Windows Movie Maker, importe a imagem recém-criada e adicione-a ao início do storyboard/linha do tempo para que seja exibida durante alguns segundos no filme.

8.

Grave o filme na fita selecionando a opção de câmera de vídeo digital no Assistente para Salvar Filme.

Quando o filme for enviado para a fita, os primeiros quadros em preto serão enviados para a câmera de vídeo mas não gravados na fita. A câmera de vídeo digital deve então começar a gravar na fita o conteúdo do filme.

P.Por que o Windows Movie Maker pára de responder ou “trava” quando estou salvando um filme?
R.

Isso é causado por uma combinação de quantidade insuficiente de memória e storyboard/linha de tempo complexos (com excesso de efeitos, transições, imagens e vídeos). Contorne esse problema removendo alguns efeitos ou transições de vídeo ou salvando o filme em partes diferentes. Para obter informações completas, inclusive procedimentos passo a passo, consulte este artigo da Base de Dados da Microsoft.

P.Por que recebo uma mensagem de erro dizendo que a unidade de CD gravável não foi detectada quando tento salvar um filme em um CD usando o Windows Movie Maker?
R.

Isso pode ser resultado de um CD gravável que já tenha sido gravado ou de um software de gravação de CDs de terceiros instalado que não funciona corretamente com a funcionalidade de gravação de CD do Windows XP.

Para resolver esse problema, tente um destes procedimentos:

Se você tem um gravador de DVD+R/+RW DVD da HP instalado em seu computador, o driver DLA (Direct Letter Access) da HP precisa estar instalado no computador. Você pode desativar o DLA, o que permitirá salvar o filme em um CD gravável. Para obter informações específicas, inclusive detalhes passo a passo, consulte este artigo da Base de Dados da Microsoft.

Verifique se o CD já não foi gravado, usando um programa de gravação de CD de terceiros como o Nero. Joliet (modo 2) é o formato de disco que o Windows Movie Maker espera encontrar em um CD. Entretanto, alguns programas de gravação de CDs usam um formato diferente.

Para contornar esse problema, tente um ou mais destes procedimentos:

Insira um CD gravável vazio na unidade correspondente e tente salvar novamente o filme em um CD usando o Assistente para Salvar Filme do Windows Movie Maker.

No Nero, escolha Joliet (Modo 2) ao gravar originalmente no CD. Agora você deve conseguir salvar o filme no Windows Movie Maker 2 selecionando a opção CD gravável no Assistente para Salvar Filme.

P.O que devo fazer se não consigo enviar um filme como anexo de um email?
R.

Se você não consegue salvar e enviar um filme por email usando a opção de salvar em email no Assistente para Salvar Filme, tente um destes procedimentos:

Verifique se o programa de email padrão está instalado corretamente, confira se ele dá suporte a interface de programação de aplicativo de mensagens (MAPI, Message Application Programming Interface) e se você consegue enviar anexos de email.

Se uma mensagem de erro indicar que o arquivo de vídeo é muito grande para enviar por email, reduza o tamanho do filme diminuindo a quantidade de vídeo ou áudio no storyboard/linha do tempo ou aumentando o limite de tamanho de arquivo para envio de filmes por email como anexo da seguinte forma:

1.

No menu Ferramentas, clique em Opções e, em seguida, clique na guia Avançado.

2.

Na caixa Tamanho máximo do arquivo para enviar um filme como um anexo em um email, digite o novo limite de tamanho de arquivo.

Observação Como alguns provedores de email definem um limite de tamanho de arquivo para anexos de email, consulte seu provedor de email para saber se já existe esse limite para sua conta de email.

Além disso, se o filme pode ser enviado por email mas a reprodução do vídeo no filme está irregular, aumentar o limite do tamanho do arquivo dessa forma fará com que o filme seja salvo em uma configuração de filme maior no Windows Movie Maker, o que pode ajudar a melhorar a uniformidade e a qualidade geral do filme.

P.O que devo fazer se estiver com problemas para carregar meu filme em um provedor de hospedagem de vídeo usando o Windows Movie Maker?
R.

Em primeiro lugar, verifique se a conexão com a Internet está funcionando. Isso é necessário para carregar seu filme no site de um provedor de hospedagem de vídeo e garante que uma listagem atualizada de provedores para o seu país/região será baixada automaticamente para o seu computador.

Se você não consegue enviar um filme para o site de um provedor de hospedagem de vídeo, tente o seguinte:

Verifique se o nome de usuário e a senha estão digitados corretamente.

Verifique se há espaço disponível em disco suficiente para sua conta no site do provedor de hospedagem de vídeo.

Verifique se um filme com o mesmo nome de arquivo já não aparece para sua conta no site do provedor de hospedagem de vídeo.

Verifique se a configuração do filme não está muito alta. Por exemplo, alguns provedores de hospedagem de vídeo estipulam um limite na taxa máxima de bits para arquivos de filme a serem carregados no site.

P.O que faço se a reprodução do vídeo no meu filme está irregular?
R.

Se você salvou o filme usando uma das configurações de filme DV-AVI, a reprodução do filme pode ficar irregular em um computador mais lento. Usar uma unidade disco rígido mais rápida ou aumentar a quantidade de memória ou a velocidade do processador pode ajudar a melhorar a reprodução.

Se você salvou um filme como arquivo de Vídeo do Windows Media (WMV) e a reprodução do vídeo está irregular, tente o seguinte:

Reduza a quantidade de efeitos ou transições no storyboard/linha do tempo do Windows Movie Maker e tente salvar o filme novamente. O excesso de efeitos e transições pode resultar em quadros perdidos no filme salvo, o que degrada a qualidade do filme.

Salve o filme usando uma configuração de filme com tamanho de exibição menor. Por exemplo, em vez de salvar o filme no Assistente para Salvar Filme com uma configuração de filme que exiba vídeos em 640x480 pixels, use uma de 320x240 pixels.

Selecione uma configuração de filme que use taxa de bits variável (VBR, variable bit rate), o que pode melhorar a uniformidade no vídeo.

Para selecionar uma configuração de filme com taxa de bits variável:

1.

No menu Arquivo, clique em Salvar Arquivo de Filme.

2.

No Assistente para Salvar Filme, selecione Meu computador e clique em Avançar.

3.

Na página Arquivo de Filme Salvo, digite um nome para o filme que você salvou e clique em Avançar.

4.

Na página Configuração do Filme, clique em Mostrar mais opções, depois clique em Outras configurações e selecione uma das configurações de vídeo de "Alta" qualidade, como Vídeo de alta qualidade (grande) ou Vídeo de alta qualidade (pequeno). Clique em Avançar.

5.

Depois que o filme for salvo, clique em Concluir para fechar o Assistente para Salvar Filme.

P.O que faço se eu salvei um filme no Windows Movie Maker que inclui um Microsoft Plus! Photo Story importado e o filme resultante aparece todo preto?
R.

Isso pode ocorrer se o Plus! Photo Story que você importou no Windows Movie Maker foi salvo em uma configuração de exibição maior, como 1024x768 pixels.

Para contornar esse problema, tente o seguinte:

1.

No Microsoft Plus! Photo Story, salve sua história em uma configuração com tamanho de exibição menor, como 640x480 pixels.

2.

No Windows Movie Maker, importe a História com Fotos resultante para o Windows Movie Maker.

3.

Adicione-a ao storyboard/linha de tempo no Windows Movie Maker, edite se for necessário e tente salvar o filme novamente.

P.O que faço se o meu filme salvo contém quadros pretos sólidos em uma parte do vídeo?
R.

Esse problema pode ocorrer devido a uma ou mais destas razões:

Uma versão mais antiga do Microsoft DirectX está instalada em seu computador.

O computador que você usa para salvar o filme possui dois processadores com a tecnologia HyperThreading.

O projeto atual contém muitos efeitos e transições de vídeo diferentes. Por isso, o áudio do filme é salvo com êxito, mas somente partes do vídeo são salvas corretamente.

Para contornar esse problema, tente um ou mais destes procedimentos:

Verifique se você tem a versão mais recente do Microsoft DirectX End-User Runtime instalada em seu computador, que pode ser baixada do Centro de Download da Microsoft.

Remova alguns dos efeitos e transições de vídeo do storyboard/linha de tempo e tente salvar o filme novamente.

Mantenha os efeitos e transições no storyboard/linha de tempo, mas salve o filme em vários arquivos DV-AVI menores. Agora você pode importar os arquivos AVI salvos no Windows Movie Maker, adicioná-los ao storyboard/linha de tempo e salvar como um arquivo de filme.

P.
R.

Importando vídeo

P.Posso importar para o Windows Movie Maker um vídeo que tenha sido gravado com o Windows Media Center Edition 2004?
R.

Infelizmente, vídeo gravado no Windows Media Center Edition 2004, que é um arquivo MPEG-2 com a extensão de nome de arquivo .dvr-ms, não pode ser importado para o Windows Movie Maker.

P.
R.

Capturando vídeo

P.Por que o Windows Movie Maker não reconhece minha câmera de vídeo Sony MicroMV?
R.

As câmeras de vídeo Sony MicroMV gravam e editam vídeo em formato MPEG-2, que infelizmente não pode ser capturado no Windows Movie Maker.

Para contornar esse problema, siga um destes procedimentos:

Use o software que veio com a câmera de vídeo Sony MicroMV para capturar vídeo a partir da câmera e depois importe o arquivo de vídeo resultante para o Windows Movie Maker.

Conecte a câmera Sony MicroMV ao computador usando uma conexão analógica, como um cabo S-video ou um cabo RCA, e capture o vídeo usando o Windows Movie Maker.

P.Como posso evitar quadros perdidos em um arquivo de vídeo capturado?
R.

Para evitar quadros perdidos, tente um ou mais destes procedimentos:

Desfragmente a unidade de disco rígido. Para iniciar o Desfragmentador de disco, clique em Iniciar, aponte para Todos os programas, depois para Acessórios, em seguida para Ferramentas do sistema e clique em Desfragmentador de disco. Para obter mais informações sobre o Desfragmentador de Disco, consulte a Ajuda correspondente.

Feche todos os programas em execução ao capturar vídeo. Programas que precisem acessar a unidade de disco rígido podem torná-la mais lenta durante a captura de vídeo, o que pode resultar em quadros de vídeo perdidos.

Verifique se o local de armazenamento temporário está localizado em uma partição NTFS (descompactada) em vez de FAT32 . Para obter informações sobre como converter uma partição FAT32 em NTFS, consulte este artigo da Base de Dados da Microsoft.

Desative a visualização de vídeo ao capturar vídeo a partir de uma câmera de vídeo digital. Para desativar a visualização de vídeo, desmarque a caixa de seleção Mostrar visualização durante a captura no Assistente para Salvar Filme.

Selecione uma configuração de vídeo mais baixa no Assistente para Captura de Vídeo ao capturar vídeo.

Se possível, atualize seu computador. Como a edição de vídeo usa muito o sistema, atualizar seu computador com pelo menos um destes itens — mais memória ou um processador ou uma unidade de disco rígido mais rápidos — pode ajudar a evitar quadros perdidos durante a captura de vídeo.

P.Posso usar passagem de vídeo digital no Windows Movie Maker para capturar de um dispositivo analógico para uma câmera de vídeo digital?
R.

Há suporte para passagem de vídeo digital no Windows Movie Maker 2.1. Para saber mais sobre como conectar dispositivos de vídeo ao computador e usar passagem de vídeo digital no Windows Movie Maker, consulte Capturando vídeo no Windows Movie Maker 2.1 usando passagem de vídeo digital.

P.Por que o vídeo e o áudio capturados ficam dessincronizados em clipes de vídeo mais longos depois que o filme foi salvo?
R.

Isso pode ocorrer por várias razões. Por exemplo, se você capturar vídeo em seu computador em condições “estressantes” para o computador, como insuficiência de espaço em disco, unidade de disco rígido fragmentada ou uso do processador por outro aplicativo durante a captura do vídeo. Isso também pode ocorrer se você capturar o áudio do vídeo em uma configuração mais baixa (como 16 kHz em vez de 44,1 kHz) e não editar o vídeo.

Para contornar esse problema, divida o videoclipe no storyboard/linha do tempo em vários clipes menores, adicione uma transição de vídeo pequena entre os clipes ou corte alguns quadros do videoclipe e, em seguida, salve o filme.

P.
R.

Visualizando e editando vídeo e áudio

P.Por que o áudio está distorcido e tocando muito mais rápido que o normal?
R.

Isso pode ocorrer se o filtro de vídeo Decodificador de Áudio InterVideo (Iviaudio.ax), instalado com o InterVideo WinDVD, estiver ativado em seu computador. Para corrigir esse problema, verifique se o filtro de vídeo está desativado no Windows Movie Maker:

1.

No Windows Movie Maker, no menu Ferramentas, clique em Opções e, em seguida, clique na guia Compatibilidade.

2.

Para desativar um filtro, desmarque a caixa de seleção correspondente.

P.Como edito arquivos AVI ou DiVX no Windows Movie Maker quando não puder pular de um quadro para outro?
R.

Depois que você importar o arquivo de vídeo AVI ou DiVX para o Windows Movie Maker, adicione-o ao storyboard/linha do tempo sem editar o vídeo e salve o filme como um arquivo WMV usando o Assistente para Salvar Filme do Windows Movie Maker. O arquivo WMV resultante poderá então ser importado para o Windows Movie Maker e editado.

P.O que faço se o Windows Movie Maker fechar inesperadamente quando eu adicionar efeitos ou transições de vídeo?
R.

Para resolver esse problema, siga um ou mais destes procedimentos:

Se o filtro DivX AnitFreeze (Divx.ax) estiver instalado em seu computador, verifique se está desativado no Windows Movie Maker:

1.

No Windows Movie Maker, no menu Ferramentas, clique em Opções e, em seguida, clique na guia Compatibilidade.

2.

Para desativar um filtro, desmarque a caixa de seleção correspondente.

Diminua as configurações de aceleração de hardware do seu computador:

1.

No Painel de controle, clique em Aparência e temas e, em seguida, clique em Vídeo.

2.

Na caixa de diálogo Propriedades de vídeo, clique em Configurações e, em seguida, clique em Avançadas.

3.

Na caixa de diálogo Monitor Plug and Play, clique na guia Solucionar problemas.

4.

Arraste a barra deslizante Aceleração de hardware para a terceira linha a partir da esquerda.

P.Por que recebo uma mensagem de erro sobre aceleração de hardware quando uso o botão
R.

No Windows Movie Maker, você pode fotografar um quadro de vídeo e salvá-lo como imagem (com a extensão de nome de arquivo .jpg). No entanto, se a aceleração de hardware estiver desativada ou se o adaptador de vídeo não oferecer suporte a aceleração de hardware, você não conseguirá fotografar.

Se o adaptador de vídeo oferecer suporte a aceleração de hardware, ative-a através deste procedimento:

1.

Feche o Windows Movie Maker.

2.

No Painel de controle, clique em Aparência e temas e, em seguida, clique em Vídeo.

3.

Na caixa de diálogo Propriedades de vídeo, clique em Configurações e, em seguida, clique em Avançadas.

4.

Na caixa de diálogo Monitor Plug and Play, clique na guia Solucionar problemas.

5.

Arraste a barra deslizante Aceleração de hardware toda para a direita.

6.

Inicie o Windows Movie Maker, execute o vídeo, pause a reprodução no quadro que deseja capturar como imagem e clique no botão Capturar Imagem no monitor.

7.

Feche o Windows Movie Maker.

8.

Restaure as configurações de aceleração de hardware à posição original.

P.O que devo fazer se o Windows Movie Maker pára de responder quando eu arrasto o indicador de reprodução na linha de tempo de um projeto que tem muito áudio, vídeo, imagens ou títulos no storyboard/linha de tempo?
R.

Você pode evitar isso adicionando um novo valor no Editor do Registro.

Observação Antes de fazer qualquer alteração no Editor do Registro, faça backup dos arquivos importantes em seu computador e no Registro do Windows. Para obter mais informações sobre o Registro do Windows, consulte o Centro de Ajuda e Suporte do Windows.

Para adicionar uma nova chave do Registro para o Windows Movie Maker a fim de evitar que a linha de tempo pare de responder:

1.

Clique em Iniciar e, em seguida, clique em Executar.

2.

Na caixa de diálogo Executar, digite regedit.exe e clique em OK.

3.

No Editor do Registro, vá até o seguinte local: [HKEY_CURRENT_USER\Software\Microsoft\MM20]

4.

Clique em qualquer ponto do painel à direita que contenha a diferentes chaves do Registro e os valores correspondentes.

5.

No menu Editar, aponte para Novo e clique em Valor DWORD.

6.

Digite DynamicSourcesforPreview como o nome da nova chave do Registro e insira o valor 0.

7.

Feche o Editor do Registro e reinicie o Windows Movie Maker.

O Windows Movie Maker não irá mais parar de responder quando você arrastar o indicador de reprodução na linha de tempo.

Importante Essa alteração pode diminuir o desempenho do Windows Movie Maker.

P.Por que aparece uma janela do ActiveMovie quando eu executo áudio e vídeo no Windows Movie Maker?
R.

Esse problema costuma ser causado por um filtro de vídeo do DirectShow, o Filtro de Subtítulo DirectShow (subtitds.ax), que é instalado por um programa de software que não é da Microsoft. Desative esse filtro no Windows Movie Maker seguindo este procedimento:

1.

No Windows Movie Maker, no menu Ferramentas, clique em Opções e, em seguida, clique na guia Compatibilidade.

2.

Para desativar um filtro, desmarque a caixa de seleção correspondente.

P.
R.

©2015 Microsoft Corporation. Todos os direitos reservados. Entre em contato |Nota Legal |Marcas comerciais |Política de Privacidade
Microsoft