Clique aqui para instalar o Silverlight*
BrasilAlterar|Todos os sites da Microsoft
Windows XP
|Segurança em Casa|Microsoft em Casa|Microsoft no Trabalho

Reciclando um Computador Antigo e Atualizando para o Windows XP

Publicado em: 11 de março de 2002
**
**

Nota do Editor: Os artigos anteriores dos membros da comunidade on-line estão arquivados para o seu uso. As informações podem ficar desatualizadas à medida que a tecnologia avança. Para encontrar informações mais recentes, por favor, procure no site ou faça uma pergunta aos grupos de notícias.

Jerry Honeycutt

Recentemente um amigo me pediu para arrumar um computador antigo que seus filhos estavam usando, mas que não estava mais rodando bem. Ele me pediu para fazer uma atualização no hardware para que pudesse executar o Windows XP e proporcionasse às crianças uma experiência melhor quando jogassem os games e usassem o e-mail.

Seu orçamento não passava de meros US$300, e assim, tive que ser bem econômico. Na parte um desta história de duas partes, conto a você o tipo de equipamento que ele despejou em cima da mesa. Na parte dois, vou dizer como gastei o dinheiro dele nos componentes substituídos.

PC com “Bigodes”

Quando eu digo que ele despejou um computador na minha mesa, uso a palavra computador de maneira imprecisa. É como se fosse um enorme peso para papéis de cor bege; mas eu nunca iria dizer isso a ele.

Em primeiro lugar, dei uma olhada em volta do gabinete e procurei pelos conectores ATX, que agora são onipresentes; porém, não vi nenhum, como mostra a figura abaixo. De fato, o conector de teclado era o conector grande e antigo que requer um adaptador PS/2 para os novos teclados.

Figure 1

Figura 1

O gabinete era um compartimento AT e, quando o abri, vi uma antiga placa-mãe baby AT. Não fui capaz de identificar a placa-mãe de modo algum. O processador, porém, é um Intel Pentium mais antigo. Obviamente, a placa-mãe não possui portas USB e é provável que não vai suportar muito bem o Windows XP. Nem a sua CPU ou os 32 MB de memória que estão na placa-mãe.

Para minha surpresa, os componentes restantes não estavam tão ruins quanto a placa-mãe, o processador e a memória. O disco rígido, embora não seja um mais novo e maior, será suficiente. A unidade de CD-ROM é lenta, mas dá para aproveitar, assim como a unidade de disquete. O teclado, mouse e monitor estão definitivamente em condições de usar. O computador contém um adaptador de vídeo que vai ser usado apenas se for necessário; o modem e a placa de som estão OK.

Quando iniciei o computador, esperava que um Windows 95 fosse carregado e aguardava ansioso pelos ecos do passado. Em vez disso, apareceu o Windows 98. Tinha o jeito de uma versão OEM (do fabricante do equipamento original) com todos os suplementos que os OEMs gostam de adicionar aos seus computadores. Muitos desses suplementos não são compatíveis com o Windows XP, e entre eles se inclui o software antivírus que meu amigo nunca atualizou em três anos.

Substituindo os Principais Componentes

Lembre-se dos objetivos do meu amigo. O primeiro é conseguir executar o Windows XP no computador. O segundo é proporcionar aos garotos melhores experiências quando forem jogar e usar o e-mail. Objetivos simples que podem ser bem alcançados por US$300.

Você pode levar um computador até a fonte da juventude, mas não pode fazê-lo beber. Em vez disso, estou atirando seus principais componentes na lata de lixo. Na fila de substituição estão a placa-mãe, o processador e a memória. Se eu for substituir a placa-mãe, vou ter que trocar o gabinete. As partes restantes ainda são aproveitáveis, e o computador vai obter novas portas USB a partir de uma nova placa-mãe.

O truque é fazer tudo isso com menos de US$300. Estou destinando US$100 para a placa-mãe, US$125 para o processador, US$50 para a memória e US$25 para o gabinete. Como vou reutilizar os outros componentes do computador antigo, aqui está minha lista de compras:

Placa-mãe — Uma placa-mãe por US$100 não é difícil de encontrar. Uma que seja boa requer uma cuidadosa comparação na hora da compra. Estou procurando uma placa ATX com duas portas USB e todo o resto. Uma extensão USB que eu possa usar para colocar as duas portas USB na frente do computador seria bom, já que as crianças usam muitas vezes joysticks e dispositivos semelhantes. Um outro adicional seria uma placa-mãe que tivesse um adaptador de vídeo embutido para ela. De todos os componentes que estou reutilizando, o adaptador de vídeo é o mais fraco.

Processador — Com US$125, meu amigo não vai conseguir um Pentium 4. Não vai conseguir nem um bom Pentium III. O que dá provavelmente para comprar é um processador Celeron Pentium de 1 GHz, para o qual eu tinha orçado um preço acima de US$100. Para os tipos de games que os filhos dele jogam, isso está bom, já que eles passam a maior parte do tempo conversando com os amigos no America Online.

Memória — O Windows XP vai jogar bem no processador que estou de olho, assim que eu juntar a máquina com a memória. Essa é a razão de eu ter destinado US$50 para os 256 MB de memória. Os garotos não vão ter do que reclamar aqui.

Gabinete — Gostaria de ter mais dinheiro para gastar com o gabinete, porque só com US$25 não vai dar para comprar nada fascinante. É provável que eu não consiga achar um gabinete que tenha as portas USB na frente. Gabinetes baratos também tendem a ser do tipo “clam shell” (concha) e ter pouco espaço dentro, o que significa que meu humor vai esquentar e meus dedos vão ficar doendo. Se você puder gastar um pouco mais num bom gabinete, isso é o que eu iria fazer.

Por fim, não estou seguindo o conselho convencional de fazer a atualização do Windows 98 para o Windows XP. Entre todos os softwares sem uso que o OEM colocou no computador e os que os filhos do meu amigo espalharam ali, uma atualização não vai ficar bem. Além disso, existe algo que me incomoda quando vejo quatro pastas diferentes da American Online na raiz da unidade C. Em vez de atualizar, vou deixar o disco rígido limpo e instalar o Windows XP a partir do zero.

Indo para a Loja

Com minha lista em mãos, estou indo para a loja. Não fiz o pedido das peças on-line, porque meu amigo está procurando uma gratificação material instantânea, e eu também gosto de me divertir em loja de computadores.

Em minha próxima coluna, vou lhe contar quais os modelos que escolhi e como tudo ficou encaixado. Vou transformar o computador que você vê abaixo num poderoso brinquedo para quarto de criança.

Figure 2

Figura 2

Também vou descrever como instalei o Windows XP de forma limpa, apagando três anos de negligência, com um único comando do MS-DOS. Os filhos do meu amigo vão ficar encantados por terem um computador novo para se divertir, e sua carteira vai ter uma trégua.

Colunista da Expert Zone, Jerry Honeycutt é escritor, conferencista e tecnólogo que já escreveu mais de 25 livros, inclusive o Microsoft Windows XP Registry Guide (Microsoft Press, 2002). Ele escreve freqüentemente sobre como personalizar e implantar o Windows XP.



©2017 Microsoft Corporation. Todos os direitos reservados. Entre em contato |Nota Legal |Marcas comerciais |Política de Privacidade
Microsoft