PESQUISA 'AS BRASILEIRAS' INDICA QUE O BRASIL DA PRÓXIMA GERAÇÃO SERÁ DAS MULHERES

O levantamento procura retratar a mulher brasileira não pela sua classe social, mas pelos hábitos, atitudes e visão de mundo
O Tempo de Mulher, canal de conteúdo para o público feminino da jornalista Ana Paula Padrão e hospedado no MSN, encomendou ao Instituto Data Popular pesquisa que retrata os diferentes perfis comportamentais da mulher brasileira. O levantamento foi realizado no último trimestre de 2012 com 1.300 mulheres de 44 cidades brasileiras e identificou que a nova geração feminina é conectada e independente financeiramente.
"A pesquisa mostra com clareza que o que as mulheres decidirem agora definirá o País que teremos na próxima geração. É notável o valor que elas atribuem à sua educação e à de seus filhos, seu poder de consumo e a sensação de vitória pessoal que as acompanha. Elas sentem-se poderosas e usam esse poder fortemente na família e nas comunidades em que estão inseridas", afirma a jornalista Ana Paula Padrão.
Alguns resultados deste trabalho indicam:
Independência financeira
- 72% das entrevistadas aceitariam se casar com um homem que ganha menos do que ela.
- 86% delas acreditam que toda mulher deve ser independente financeiramente.
- Metade das jovens afirmaram não viver sem Internet e que esta é a principal fonte de informação para elas.
- As mulheres também são maioria no Facebook e nas redes sociais em geral.
Intenção de Compra
No Brasil, 33 milhões de mulheres possuem cartões de crédito. O estudo indica que, nos próximos 12 meses, essas brasileiras desejam adquirir os seguintes itens eletrônicos:
- 6,5 milhões - celular
- 3,6 milhões - notebook
- 3,1 milhões - tablet
- 2,9 milhões - computador
Para Renato Meireles, sócio-diretor do Instituto de Pesquisa Data Popular, o estudo "As Brasileiras" se diferencia por retratar as mulheres não pelo sua classe social, mas pelo hábito, atitudes e visão de mundo e revela a importância crescente do público feminino para o mercado nacional. "Prova disso é que elas estão cada vez mais interessadas em tecnologia e conectadas", ressalta.
Sobre o Tempo de Mulher
O site Tempo de Mulher, idealizado pela influente jornalista Ana Paula Padrão para inspirar as mulheres brasileiras, foi lançado em agosto de 2011 e passou a fazer parte do canal Estilo do MSN há um ano. "Para celebrar esta nossa parceria de sucesso e continuar a informar o público feminino sobre tudo, destacamos por meio desse estudo informações relevantes para o mercado publicitário a respeito da relevância crescente que as mulheres exercem no contexto atual", comenta Andrea Fornes, diretora executiva do MSN.