BEM-VINDO À ÁREA DE IMPRENSA DA MICROSOFT PORTUGAL. AQUI VAI PODER ACTUALIZAR-SE DIARIAMENTE.
Portugal  |  All Microsoft Sites

Home Microsoft.pt  |  Microsoft Press Internacional  |  Microsoft Press Europa




 - Família High-Tech



Entrevista Bibá Pitta

Projecto “Família High-Tech Microsoft”

“Este é um projecto para a família. Estamos todos envolvidos, desde o mais pequenino ao mais velho.”

A família Pitta Gouveia foi escolhida pela Microsoft para ser a Família High Tech portuguesa e experimentar em primeira mão as novidades da marca. Como será a experiência? Conversa com Bibá Pitta.


Como reagiu ao convite da Microsoft para serem a Família High Tech portuguesa?
Reagi com certo espanto. Nem me apercebi daquilo em que estava envolvida, mas, de imediato, ficou evidente que tinha de aceitar este convite. A Microsoft é uma empresa de dimensão mundial. Aceitei com o maior orgulho. Quando gostam de nós e nos convidam para projectos destes, só podemos é ficar felizes.

E o que pensou a família?
Os miúdos ficaram delirantes, ainda para mais eu tenho filhos adolescentes que estão sempre atentos à tecnologia. Se para nós é importante, para eles, então, são ferramentas essenciais. Eles vão ficar mais à frente porque serão os primeiros a experimentar. É uma experiência única.

O que a levou a associar-se a este projecto?
Eu sou de uma geração diferente. Lá em casa, o que eu não perceber, são eles que me vão ensinar. De repente, a tecnologia vem revolucionar a vida de toda a gente. Os papéis invertem-se. É tudo muito mais facilitado, mas com muito mais riscos. E aí é que é importante que nós tenhamos. Também nesse campo a Microsoft tem todo o cuidado.

Costuma utilizar muitos programas?
Eu abri, por exemplo, uma página no Facebook na altura de “O Cromossoma do Amor” (o livro que lançou) . Foi para mim uma ferramenta profissional que depois se alargou. Naquela altura, interessava-me chegar ao maior número possível de pessoas. Neste momento, quase não toco no Facebook. Só abro as mensagens que acho que têm interesse, apago o resto. Já bloqueei duas ou três pessoas maldosas, malcriadas e que denunciei até. Até nisso esta experiência vai ser importante para aprender mais sobre tecnologia.


É preciso estar atento a alguns riscos.
Há que ter muito cuidado, embora eu continue a achar que quem quiser fazer mal, faz e quem quiser fazer bem também o faz. Se eu tiver o alerta e conseguir passar esse aviso aos meus filhos, será melhor. Eles têm de voar, mas têm de saber voar.

O que gostou mais nesta proposta?
Este é um projecto para a família. Eu acredito muito na família. Estamos todos envolvidos, desde o mais pequenino ao mais velho. É um projecto sentimental, o que é ainda mais giro. E isto das gerações serem diferentes permite-nos aprender uns com os outros.

Utiliza muito a tecnologia no seu dia-a-dia?
O computador abre-se a qualquer hora. Agora estamos à procura de destinos para irmos, na internet, por exemplo. Recorro ao computador porque recebi um mail, porque tenho um projecto para organizar, para ver as fotografias, os vídeos. Todos estes programas trazem possibilidades maravilhosas. Tem esse risco de ficarmos mais solitários porque estes programas realmente são muito à frente. Eu posso fazer no computador praticamente o meu dia todo. Posso ir ao banco, posso fazer compras, gerir o meu orçamento, organizar as minhas fotografias, posso oferecer presentes, posso falar com os meus filhos através do computador. Estas ferramentas têm é de ser bem utilizadas.




SHARE











© 2013 Microsoft Actualize o seu perfil
Contacte-nos | Avisos Legais | Marcas Registadas | Privacidade e Cookies