BEM-VINDO À ÁREA DE IMPRENSA DA MICROSOFT PORTUGAL. AQUI VAI PODER ACTUALIZAR-SE DIARIAMENTE.
Portugal  |  All Microsoft Sites

Home Microsoft.pt  |  Microsoft Press Internacional  |  Microsoft Press Europa




|<   <   >   >|


Leroy Merlin é a maior referência de adoção da tecnologia Windows Azure da Microsoft em Portugal

A Microsoft Portugal anuncia que a Leroy Merlin se tornou na maior referência de adoção de tecnologia “cloud” Microsoft, mais concretamente de Windows Azure, a versão do Windows para “cloud”, com a disponibilização do seu novo website: http://www.leroymerlin.pt

O website da Leroy Merlin, acabado de lançar, foi totalmente reformulado. Para alojar esta nova e estratégica plataforma de comunicação do grupo com os seus clientes em Portugal a empresa decidiu não continuar com um modelo tradicional de alojamento físico e adotar uma solução integral na “cloud”. Para tal, recorreu ao Windows Azure, a versão do Windows para ambientes “cloud”, utilizando cerca de 50 máquinas virtuais na “cloud”, com a capacidade de posterior incrementação, à medida que a sofisticação do website possa incrementar ou que a empresa decida adotar novas funcionalidades com fortes requisitos de infraestrutura tecnológica.

A opção por um alojamento na “cloud” em detrimento do alojamento físico em servidores permitiu à empresa, entre outros benefícios, não ter que suportar um investimento elevado em máquinas, optando por diluir os custos em prestações de aluguer, diferindo assim no tempo de investimento.

A plataforma Windows Azure é nova solução tecnológica que oferece às aplicações dos clientes um ambiente computacional seguro e com elevados padrões de desempenho, disponibilidade e flexibilidade, com importantes ganhos de eficiência e rentabilidade nos custos de operação e manutenção das aplicações. Outro dos grandes atributos de referência desta solução é a sua escalabilidade, através da qual é possível assegurar uma alta performance de desempenho das aplicações, qualquer que seja o volume de pedidos.

Jason Associates cria escritório virtual com Office 365

A Microsoft Portugal anuncia que a Jason Associates é um dos mais recentes exemplos de adoção do serviço integrado de soluções de produtividade, comunicação e colaboração da empresa, o Microsoft Office 365.

A internacionalização da Jason Associates, empresa de inovação na área de recursos humanos, incrementou o fluxo e a complexidade da comunicação entre colaboradores, mas também entre a empresa e os seus clientes, motivando a necessidade de implementação de uma solução que melhorasse o processo de comunicação, sem no entanto aumentar os custos e a complexidade dos processos de gestão.

A suite de aplicações colaborativas da Microsoft e a conjugação com as potencialidades oferecidas pela “cloud” tornaram o Office 365 na escolha imediata para a Jason Associates. A implementação deste serviço permitiu tornar os processos de comunicação da Jason Associates mais eficazes e rentáveis e melhorar, substancialmente, os processos colaborativos dentro da organização, já que os seus colaboradores podem agora beneficiar de um mais rápido acesso ao seu email através da cloud e manter-se permanentemente conectados com as suas ferramentas de trabalho.

Com o Office 365, a Jason Associates implementou o primeiro escritório virtual da empresa, beneficiando hoje de uma mais eficiente gestão dos seus recursos e de uma otimização dos custos de operação, mantendo o trabalho colaborativo e eficiente entre o escritório local, sediado em Lisboa e os escritórios do Porto e Maputo.

Dispositivo portátil que deteta tipo de sangue em apenas cinco minutos vence Final Nacional da Imagine Cup 2013

A Microsoft Portugal dá hoje a conhecer o vencedor da Final Nacional da Imagine Cup 2013, a maior competição tecnológica à escala mundial dirigida a estudantes do ensino superior. For a Better World é o nome do projeto, pensado e desenvolvido por uma aluna de doutoramento da Universidade do Minho, Ana Ferraz, que irá representar Portugal na Final Mundial das Olimpíadas de Software, que este ano terão como palco a cidade de St. Petersburgo, na Rússia, de 8 a 11 de julho.

Trata-se de um dispositivo portátil que permite, de forma automática e em apenas cinco minutos, detetar o grupo sanguíneo, fornecendo informações precisas que pretendem auxiliar profissionais de saúde em situações de emergência, reduzindo os riscos de incompatibilidade e erro humano, nomeadamente em situações de transfusão. O dispositivo apresenta uma nova metodologia de determinação do grupo sanguíneo, mais rápida, simples e menos dispendiosa comparativamente aos métodos tradicionais já existentes, propondo a resolução de alguns problemas que imperam em situações de emergência, e que se prendem com a celeridade na obtenção de resultados, decisiva em situações de emergência e na adequação do tratamento. Outra das vantagens adicionais é a sua portabilidade, contrariamente aos dispositivos atuais, o que facilita o seu transporte e utilização em diferentes contextos. O dispositivo possibilita, ainda, a análise e realização de outros testes de pré-transfusão e perceber que possíveis incompatibilidades podem existir no processo de transfusão, reduzindo adicionalmente a possibilidade de erro humano associada a este processo.

À edição 2013 da Imagine Cup concorreram mais de 200 participantes. Foram apresentados 20 projetos, dos quais 10 disputaram a Final Nacional que teve lugar na sede da Microsoft, em Lisboa. Dos 10 projetos a concurso, o segundo lugar da Final Nacional foi atribuído a Tiago Fernandes, aluno da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP), que ganhou a categoria de Inovação com a plataforma Taggeo, a qual permite que utilizadores de telemóveis troquem mensagens baseadas em coordenadas geográficas, criando uma dinâmica de interação entre diferentes utilizadores. O terceiro lugar foi arrecadado na categoria de jogos pela equipa de estudantes da Universidade da Beira Interior pelo desenvolvimento do jogo de plataformas Kieran’s Journey.


© 2013 Microsoft Actualize o seu perfil
Contacte-nos | Avisos Legais | Marcas Registadas | Privacidade e Cookies