Parceiros na Aprendizagem: 10 anos em evolução

Em 2003, a Microsoft decidiu encarar o desafio de reunir-se com professores e escolas para avaliar as mudanças que as novas tecnologias haviam trazido e ainda provocariam na área da educação. E em dez anos, muita coisa mudou.

Por isso, o programa “Parceiros na Aprendizagem” (PIL – Partners in Learning em inglês), segue em evolução ao proporcionar inovação no ambiente escolar e, aos educadores em especial, acesso a tecnologias de última geração para o ensino de habilidades do século 21, a fim de preparar as crianças e jovens para seu futuro na sociedade.

No Brasil, já foram beneficiados mais de 538 mil educadores e 428 mil alunos da rede pública e privada.

Uma das iniciativas do programa é um Fórum Global Microsoft Parceiros na Aprendizagem, criado em 2008 e que recebe anualmente os 700 educadores e líderes escolares mais inovadores do mundo. Mais de 100 brasileiros já participaram do evento, o que comprova o uso da tecnologia como aliada para melhorar a educação no País.

A próxima edição será realizada em Barcelona, na Espanha, em março de 2014. Os quatro vencedores do Prêmio Educadores Inovadores 2013, que irão para o Fórum Global, são Cleiton Alberto Backes (projeto “Webnovela na Escola”) e Vanessa Cristina Müller (“Projeto Educacional de Remapeamento Interdisciplinar PERI”), ambos de Campo Bom (RS); Gislaine Batista Munhoz (“Jogos do Riva”), de São Paulo (SP), e Naíra Oliveira (“Rádio Flamínio”), de São Bernardo do Campo (SP).

O Brasil também se destaca na PIL Network, uma extensão on-line da comunidade “Parceiros na Aprendizagem”, na qual é possível fazer download de conteúdos e trocar experiências com educadores de todo o mundo. São 5.500 usuários brasileiros, mas, com a taxa de crescimento de 25% ao mês, o número deve chegar a 15 mil até junho de 2014.