Inovar para transformar a vida das pessoas e melhorar os negócios de organizações

A Microsoft investe em programas e centros de pesquisa que fomentam a inovação focada no crescimento socioeconômico sustentável e no empreendedorismo.

Presente na vida dos brasileiros, a tecnologia aproxima pessoas, acelera negócios e inova o cotidiano. A Microsoft acredita que, ao estimular o acesso e a evolução da tecnologia, assim como o desenvolvimento da indústria nacional de software, contribuirá para criar um país mais competitivo e melhor para todos.

Assim, investiu em centros de pesquisa como a instalação de um polo no Rio de Janeiro, que reúne a unidade do Laboratório de Tecnologia Avançada no Brasil, o Centro de Desenvolvimento do Bing e o suporte à operação da Acelera Partners. E, recentemente, com a compra da área de dispositivos e serviços da Nokia, passou a ser parceira e a apoiar o Instituto de Desenvolvimento Tecnológico (INDT), que tem escritórios em Manaus, Brasília, São Paulo e Recife, somando expertise em inovação para a companhia.

O Laboratório de Tecnologia Avançada é o primeiro centro de pesquisa e desenvolvimento da Microsoft no hemisfério sul e fará a ponte entre tecnologia e pesquisa para criar benefícios de inovação, aumentando a competitividade nacional. Para isso, pesquisadores e programadores vão trabalhar juntos, em um grupo integrado e com perfil de startup, operando de forma ágil para desenvolver os projetos.

O foco inicial do trabalho do laboratório será na área de segurança pública, integrando novas tecnologias de processamento de vídeos, áudio e aprendizado de máquina às ferramentas do DAS (Domain Awareness System, utilizado em Nova York e em São Paulo), por exemplo. O novo laboratório vai trabalhar em colaboração com os centros mundiais do Microsoft Research e alavancar experiência junto ao Instituto de Desenvolvimento Tecnológico (INDT). Além do Brasil, a Microsoft tem outros três laboratórios de Tecnologia Avançada no mundo, no Egito, em Israel e na Alemanha.

Já o Centro de Desenvolvimento do Bing, a plataforma de busca da Microsoft, conta com uma equipe de desenvolvimento dedicada à implementação de soluções e de produtos que atendam às necessidades locais. Assim, a Microsoft investe no desenvolvimento nacional para ampliar a competitividade brasileira e tornar o país referência em tecnologia de ponta.

Para contribuir com o desenvolvimento de novas tecnologias, incentivar a indústria nacional de software e capacitar jovens, a companhia disponibiliza 13 Centros de Inovação Microsoft (MIC, sigla em inglês de Microsoft Innovation Center), equipados com moderna tecnologia e trabalhando em parceria com instituições de ensino superior e empresas parceiras. No Brasil, os MICs estão localizados em Brasília (DF), Fortaleza (CE), Joinville (SC), Olinda e Recife (PE), Porto Alegre (RS), Minas Gerais (MG), Petrópolis (RJ), São José do Rio Preto e São Paulo (SP), dois em Curitiba (PR) e Vitória (ES).

O Instituto de Desenvolvimento Tecnológico (INDT), uma entidade sem fins lucrativos que atua na geração de novos conceitos, produtos e soluções para as áreas de tecnologias móveis e internet, iniciou as operações em 2001. A produção de conhecimento é materializada por publicações científicas (até hoje foram mais de 500), relatórios técnicos, especificações para órgãos de padronização e também 23 patentes criadas.