Compromisso de SAM para segurança virtual

SAM para segurança virtual

SAM for cybersecurity

Com dependência intrínseca em tecnologia em um mundo cada vez mais conectado, o interesse em segurança virtual está crescendo. Organizações têm dificuldades em combater violações de segurança – seja por erro do sistema ou humano, seja por cibercrime – e a média do impacto financeiro de cada violação está aumentando. Para um programa de segurança virtual ser eficaz, é preciso haver uma compreensão de sua infraestrutura de TI e de como ela conecta organizações como as de seus parceiros comerciais, fornecedores e clientes.

Você não consegue proteger o que não conhece. O Compromisso de SAM Microsoft para segurança virtual se concentra em fornecer uma visão dos softwares implantados em seu ambiente para identificar áreas de risco potencial e fornecer orientação de alto nível para seus programas e políticas de segurança virtual. Trabalhando com um parceiro de SAM, o compromisso ajudará a habilitar gerenciamento de ativos de software do TI adequado e a proporcionar paz de espírito à sua empresa. O compromisso fornece uma base sólida que pode ser usada como o alicerce para uma avaliação de segurança organizacional mais profunda.

Um estudo do IDC estimou que, em 2014, empresas gastaram US$ 491 bilhões por causa de malware associado com software pirateado. Desse total, US$ 127 bilhões são resultado de lidar com questões de segurança e US$ 364 bilhões com violações de dados.

Como entender os desafios da segurança virtual

Para proteger seus dados, é importante ter consciência de riscos potenciais de segurança virtual e poder avaliar as ameaças que poderiam afetar a capacidade de sua organização em conduzir negócios cotidianos. Além disso, ameaças de segurança virtual podem colocar a privacidade de seus clientes, parceiros e funcionários e a propriedade intelectual de sua empresa em risco, impedindo-o de alcançar objetivos de negócios. Sua empresa pode estar em risco se:

  • Softwares e patches mais antigos, e que não tenham mais sem suporte, forem instalados,
  • Funcionários baixarem malware, inadvertida ou voluntariamente, via downloads digitais não originais ou compras online de fornecedores desconhecidos.
  • Mídia removível, como unidades flash, for usada para instalar softwares inapropriados.
  • Dispositivos particulares não autorizados forem conectados à rede corporativa.
  • Fornecedores ou funcionários desligados da empresa tiverem acesso a sistemas de TI.

Benefícios de um Compromisso de SAM para segurança virtual

Escolher trabalhar com um Parceiro de SAM para implementar SAM e melhores práticas de segurança virtual o ajudará a:

  • Gerenciar ativos de software com segurança e promover práticas adequadas de segurança virtual.
  • Montar uma infraestrutura de TI resistente e adaptável que pode reagir rapidamente a ameaças.
  • Garantir que tem uma infraestrutura de TI segura que fornece uma defesa eficaz contra ataques.
  • Minimizar a perda de dados e o custo para localizar e reinstalar dados perdidos, fraude decorrente de roubo, tempo de inatividade de funcionários e reputação negativa, resultando em redução de custos e aumento de eficiências.

Como definir seu roadmap de longo prazo de segurança virtual

Defining your long-term cybersecurity road map

Quando avalia a estratégia de segurança virtual de sua empresa, entender seu ambiente atual e o roadmap futuro é crítico para tomar o caminho certo. Seu roadmap deve considerar protocolos que regem a segurança virtual e como ela é gerenciada em relação à quantidade de risco que sua empresa fica confortável em assumir, no nível de um departamento e de carga de trabalho. Melhores práticas de SAM podem destacar a infraestrutura de sistemas, processos e gerenciamento necessária para a tomada de melhores decisões de modo que objetivos de longo prazo sejam alcançados. O roadmap deve incluir uma visão de como melhorar a segurança da infraestrutura, de aplicativos, operações e das pessoas para que dados, contas a pagar e a receber, propriedade intelectual e outros, fiquem protegidos.

Como montar uma infraestrutura mais segura

Há ações básicas que você pode tomar para diminuir seu risco de segurança virtual. Instalar atualizações de segurança frequentemente, manter software antivirus ativo e atualizado e executar varreduras de segurança são as óbvias. Versões mais novas de software tipicamente têm recursos de segurança mais fortes, assim, quanto mais antigo o software, maior o risco. Monitorar os softwares que os funcionários levam para o local de trabalho, assim como analisar regularmente os dispositivos particulares que eles usam para se conectar à rede. Essas são algumas das áreas que seu parceiro de SAM pode analisar com você.

Considerações sobre segurança virtual e licenciamento

Usar software original e corretamente licenciado é importante para proteger sua infraestrutura, reduzir a ameaça de software falsificado e otimizar a proteção contra ataques de vírus e de malware. Segundo um relatório do IDC de 2014, as chances de encontrar malware em uma cópia pirateada de software é de uma em três. A chance de encontrar malware em um PC comprado com software pirateado é superior a 60%. Software licenciado fornece acesso às atualizações necessárias para manter sua organização a salvo de ameaças online.

Políticas de SAM para segurança virtual

SAM policies for cybersecurity

Uma vez que tenha identificado sua estratégia e plano de tecnologia de segurança virtual gerais, a etapa seguinte é conduzir uma análise de políticas e procedimentos para lidar com o gerenciamento de ativos de software apropriado para a proteção ideal de seus dados. Seu parceiro de SAM trabalhará com você para desenvolver ou melhorar políticas que dêem suporte a segurança virtual permanente, com base nas necessidades de sua empresa e em melhores práticas do setor.

Principais considerações para um Compromisso de SAM para segurança virtual

À medida que você considera entrar em um Compromisso de SAM para segurança virtual, há algumas coisas a ponderar, como formar uma parceria com o consultor certo, potencializar a(s) ferramenta(s) de inventário certa(s) e implementar políticas novas. Essas decisões podem afetar o sucesso de seu compromisso e posicionar sua empresa para sucesso e gerenciamento contínuos de seu ambiente de nuvem.

Coisas a considerar quando trabalhar com um Parceiro de SAM

Quando avaliar um parceiro de SAM, não hesite em fazer perguntas. O parceiro:

  • Fornece experiência e conhecimentos valiosos a respeito de SAM?
  • Tem uma compreensão profunda de licenciamento geral de softwares, assim como experiência específica em softwares originais?
  • Oferece uma avaliação básica de segurança virtual ou é associado com uma empresa especializada em segurança virtual para oferecer uma análise completa?
  • Tem um histórico de TI confiável, que permita a ele avaliar os prós e contras de diferentes ferramentas de SAM e de soluções de segurança virtual?
  • Presta outros serviços, como migração e implementação? Se não, ele tem relações com outros parceiros que possam oferecer esses serviços?

Como escolher a ferramenta certa

Para garantir uma visão completa de seu ambiente é necessário coletar dados de várias fontes, possivelmente usando várias ferramentas. Para compromissos de segurança virtual, todos os softwares e hardwares devem ser inventariados para identificar softwares ultrapassados ou próximos ao final do suporte, antivírus, softwares e dispositivos não autorizados, portas de rede e roteadores. A ferramenta também deve colher informações sobre servidores voltados para o público e servidores localizados fora de seu firewall.

Como definir as políticas certas

A etapa final em qualquer compromisso de SAM é analisar e avaliar políticas e procedimentos para garantir gerenciamento de ativos de software (SAM) apropriado e contínuo de sua empresa. A necessidade de um ambiente seguro exige que você avalie e analise suas políticas de SAM para lidar com:

  • O uso de software original e a restrição de downloads de softwares não autorizados.
  • Práticas de gerenciamento de patches.
  • O alinhamento do Active Directory com o ambiente de ameaças atual.
  • A criação e gerenciamento de uma biblioteca de mídia de softwares autorizados.
  • O estabelecimento de protocolos para proteger dispositivos e o gerenciamento de permissões apropriadas.
  • A conscientização, treinamento e diretrizes para funcionários.

O processo de SAM

Saiba mais sobre o que esperar durante um Compromisso de SAM Microsoft e como encontrar um Parceiro de SAM.

Saiba mais