Aumente sua confiança no dia do exame com um Exam Replay ou um Exam Replay with Practice Test.

Exame
70-498

Windows

  • Publicado:
    8 de junho de 2014
  • Idiomas:
    Inglês, chinês (simplificado), francês, alemão, japonês, português (Brasil)
  • Públicos:
    Profissionais de TI
  • Tecnologia:
    Visual Studio 2015
  • Crédito para certificação:
    MCP, MCSD

Delivering Continuous Value with Visual Studio Application Lifecycle Management

* Estudantes do ensino secundário e superior poderão ser elegíveis para preços especiais acadêmicos (não disponível para a Índia ou China). Consulte Políticas e perguntas frequentes sobre os exames para obter detalhes. O preço não reflete quaisquer ofertas promocionais ou preço reduzido para membros do programa Microsoft Imagine Academy, Microsoft Certified Trainers e membros do programa Microsoft Partner Network. O preço está sujeito à alteração sem aviso prévio. O preço não inclui impostos. Confirme o preço exato com o provedor do exame antes de se inscrever para fazer um exame.

Habilidades medidas

Este exame mede sua habilidade em executar as tarefas técnicas listadas abaixo. As porcentagens indicam o peso relativo de cada área de tópico principal no exame. Quanto mais alta a porcentagem, mais perguntas você verá nessa área de conteúdo no exame. Ver tutoriais em vídeo sobre a variedade de tipos de pergunta dos exames da Microsoft.

Observe que as perguntas podem testar, mas não estarão limitadas a, os tópicos descritos no texto com marcadores.

Deseja enviar comentários sobre a relevância das habilidades medidas neste exame? Envie seus comentários para a Microsoft. Todos os comentários serão revisados e incorporados conforme apropriado, mantendo a validade e confiabilidade do processo de certificação. Observe que a Microsoft não responderá diretamente aos comentários. Agradecemos seus comentários para garantir a qualidade do Programa de Certificação Microsoft.

Se tiver dúvidas sobre perguntas específicas deste exame, envie um desafio de exame.

Se você tiver outras perguntas ou comentários sobre os exames de certificação da Microsoft ou sobre o programa de certificação, o registo ou as promoções, entre em contato com o Centro de Atendimento Local.

Definir um Ciclo de Vida de Desenvolvimento do Software (SDLC) de ponta a ponta efetivo (de 15% a 20%)
  • Compreender o valor de uma visão ponta a ponta de ferramentas e práticas de Gerenciamento do Ciclo de Vida de Aplicativos (ALM)
    • Entender que um problema observável pode ser indicativo de um problema mais geral do processo; explicar a diferença entre otimizar uma parte do processo ALM, como testes manuais e otimizar todo o processo ALM
  • Explicar os benefícios do feedback rápido
    • Explicar a importância de feedback rápido em relação aos requisitos de comunicação; explicar os benefícios do feedback do cliente final para iterações de software iniciais
  • Implementar estratégias para reduzir tempo de ciclo de ponta a ponta
    • Identificar afunilamentos no processo de entrega, identificar métricas que destacam afunilamentos, criar soluções em potencial cuja eficiência possa ser validada, entender a relação entre trabalho em andamento (WIP) e tempo de ciclo
  • Implementar estratégias para melhorar a qualidade do software
    • Identificar etapas do processo que introduzem defeitos, entender o processo de qualidade de ponta a ponta, conseguir esforços de qualidade no início do ciclo de desenvolvimento
  • Implementar estratégias para reduzir desperdício
    • Identificar atividades com desperdício, criar estratégias para eliminar desperdício, avaliar a eficácia das atividades de remoção de desperdício
  • Criando um plano de melhoria de processo
    • Criar estratégias para implementar mudança organizacional, identificar métricas-chave a serem acompanhadas durante o esforço de aperfeiçoamento, criar consenso para a mudança

Recursos de preparação

Definir o processo ALM (de 15% a 20%)
  • Função de diferentes processos ALM
    • Entender os custos e os benefícios dos principais processos ALM, inclusive agile, scrum, cascata e Capability Maturity Model Integration (CMMI)
  • Implementar um processo scrum/agile
    • Estabelecer equipes auto-organizadoras; realizando uma reunião de planejamento scrum/agile; realizar reuniões diárias scrums/stand-up, realizar reuniões retrospectivas, realizar reuniões de exame scrum
  • Definir um processo scrum/agile para uma equipe
    • Estabelecer critérios sobre quando cancelar um sprint/iteração, estabelecer ferramentas e processo para artefatos scrum/agile, estabelecer a definição de scrum "concluído", determinar duração de sprint/iteração, determinar como manipular itens da lista de pendências/histórias de usuário não concluídas em um sprint/iteração, determinar como monitorar o progresso de sprint/iteração, usar ferramentas colaborativas
  • Implementar Microsoft Solution Framework (MSF) para melhoria de processos CMMI
    • Estabelecer fatores do projeto (orientados para escopo, data), atribuir requisitos de produto a iterações, gerenciar alterações, gerenciar problemas

Recursos de preparação

Definir uma iteração de software (de 15% a 20%)
  • Planejar uma versão
    • Identificar uma matriz de flexibilidade; identificar versões com base em itens prioritários na matriz de flexibilidade e critérios de versão, planejamento de recursos (a equipe de scrum é responsável por alocar membros da equipe), identificar técnicas para otimizar uma equipe distribuída geograficamente, selecionar uma metodologia de projeto, gerenciamento de risco
  • Definir a processo de acompanhamento de projeto
    • Planejar e gerenciar um portfólio de vários projetos, identificar uma ferramenta de acompanhamento do projeto e um processo associado (processo de triagem, gerenciamento de bug), definir como gerenciar esforço, determinar gerenciamento de previsão da equipe, definir um esquema de priorização, determinar como validar a integridade do projeto
  • Definir o escopo de um projeto
    • Definir o esforço para uma versão, definir um processo de design de arquitetura, definir limites de escopo (é/não é lista), determinar a definição de "concluído", definir um processo quando as estimativas de esforço são muito imprecisas

Recursos de preparação

Definir valor final para a iteração de software (de 15% a 20%)
  • Extrair requisitos
    • Definir requisitos de projeto, examinar e esclarecer requisitos, definir critérios de aceitação, definir requisitos da plataforma de interface do usuário (Web, móvel), atribuir um valor corporativo
  • Estimar requisitos
    • Gerenciar e atribuir estimativas de esforço (atribuir pontos de história); redimensionar requisitos do usuário em partes menores, gerenciáveis; executar divisão de tarefas; estimar a linha de base de requisitos
  • Documentar requisitos
    • Definir critérios de aceitação, listar requisitos, adicionar detalhes de requisito, projetar storyboards de interface do usuário
  • Priorizar requisitos
    • Identificar requisitos que são de caminho crítico, identificar requisitos obrigatórios, habilitar toda a equipe (inclusive clientes) para participar da priorização de requisitos, identificar dependências

Recursos de preparação

Desenvolver valor do cliente com alta qualidade (de 15% a 20%)
  • Definir indicadores de qualidade de código
    • Realizar análise de código, inclusive análise de segurança e desempenho; analisar código para defeitos comuns; calcular cobertura de código; realizar validação de arquitetura
  • Incorporar testes de unidade
    • Estabelecer padrões de teste de unidade, desenvolver uma estratégia para adicionar testes de unidade a aplicativos existentes, selecionar o tipo de teste de unidade, estabelecer o destino de cobertura do código, usar correções e stubs para isolar seu aplicativo
  • Desenvolver código
    • Desenvolver código de manutenção; definir padrões de codificação; definir arquitetura do aplicativo; definir processo de gerenciamento de configuração e ferramentas, inclusive árvore de controle do código-fonte, estratégia de ramificação, estrutura da solução, controle do código-fonte/política de check-in; gerenciar vários repositórios usando Git; usar arquitetura, modelo e ferramentas de design; usar ferramentas de qualidade e diagnóstico
  • Validar qualidade
    • Organizar artefatos de teste, como casos de teste, conjuntos, planos e requisitos; definir estratégia de teste; gerenciar execução de teste; realizar testes de carga com base em nuvem; identificar tipos de teste e ferramentas associadas; identificar e configurar ambientes; analisar execuções de teste
  • Personalizar um projeto da equipe
    • Personalizar um item de trabalho, personalizar consultas de item de trabalho, personalizar Portal da Equipe; identificar áreas e iterações, gerenciar funções e permissões associadas

Recursos de preparação

Integrar desenvolvimento e operações (de 15% a 20%)
  • Implementar um processo de implantação automatizado
    • Arquitetar uma compilação automatizada e implantar fluxo de trabalho, integrar testes automatizados, automatizar implantação em ambientes de teste e produção, examinar logs de diagnóstico para compilações, gerenciar versões incluindo Release Management
  • Implementar ambientes de pré-produção
    • Automatizar a criação de ambientes de laboratório de teste virtuais, automatizar a implantação em ambientes de teste virtuais
  • Gerenciar feedback entre o desenvolvimento e as operações
    • Implementar ferramentas para simplificar a comunicação; identificar, avaliar e relatar indicadores-chave de análise e desempenho, como tempo de ciclo e tempo médio de reparo (MTTR); criar artefatos compartilhados apropriados e processos para facilitar a comunicação; padronizar artefatos obrigatórios para relatórios de defeito; criar estratégias para reutilização do caso de teste (automatizada e manual) na produção; monitorar um aplicativo em produção para otimizar o uso e o desempenho
  • Solução de problemas de produção
    • Coletar dados de defeito a partir de bugs em uma configuração de produção, fornecer dados acionáveis à equipe de desenvolvimento, monitorar aplicativos em produção para problemas em potencial, gerenciar tempos de resposta a incidentes de maneira colaborativa entre o desenvolvimento e as operações, usar Application Insights de forma adequada

Recursos de preparação

Opções de preparação

Exemplo de vídeo de preparação

Microsoft Certification PREP Talk: Exame 70-498

Neste episódio de dicas de preparação dos especialistas em certificação, James Seymour, planejador de certificação, e Richard Hundhausen, MVP da ALM, debatem a relevância das habilidades avaliadas no Exame 70-498.

Treinamento personalizado

Applying ALM with Visual Studio 2012 Jump Start.

Este treinamento Jump Start sob demanda se destina a equipes de desenvolvimento de aplicativos interessadas em aproveitar o Gerenciamento do Ciclo de Vida do Aplicativo (ALM) para melhorar seus processos de desenvolvimento e agregar valor contínuo ao Visual Studio 2012. Este curso de ritmo acelerado é adaptado para desenvolvedores experientes que procuram colocar essas habilidades em prática imediatamente.

Da comunidade

Wiki do Exame 70-498

Fórum do Exame 70-498

Siga @MSLearning e @visualstudio

Quem deve fazer este exame?

Este exame é destinado a fornecer aos candidatos uma avaliação de seus conhecimentos de conceitos fundamentais da administração de servidores. Ele também pode servir como uma etapa rumo aos exames de Microsoft Certified Technology Specialist. É recomendado que os candidatos se familiarizem com os conceitos e tecnologias descritos aqui fazendo cursos de formação relevantes. Espera-se que os candidatos tenham alguma experiência prática com Windows Server, redes baseadas em Windows, Active Directory, gerenciamento de contas e ferramentas e conceitos de recuperação do sistema.

Mais informações sobre exames

Preparação para um exame

Recomendamos que você leia todo este guia de preparação para o exame e familiarize-se com os recursos deste site antes de agendar o seu exame. Consulte a Visão geral de exames de Certificação Microsoft para obter informações sobre registro, vídeos de formatos típicos de pergunta do exame e outros recursos de preparação. Para obter informações sobre políticas e pontuação do exame, consulte as políticas e perguntas frequentes sobre exames de Certificação Microsoft.

Observação

Este guia de preparação está sujeito a alterações a qualquer momento sem aviso prévio e a critério exclusivo da Microsoft. Os exames Microsoft podem incluir tecnologia de testes de adaptação e itens de simulação. A Microsoft não identifica o formato em que os exames são apresentados. Utilize este guia de preparação para se preparar para o exame, independentemente do seu formato. Para ajudá-lo a preparar-se para este exame, a Microsoft recomenda que você tenha experiência prática com o produto e use os recursos de treinamento especificados. Estes recursos de treinamento não necessariamente abrangem todos os tópicos listados na seção "Habilidades avaliadas".