O Windows IoT acelera a vantagem inteligente com a atualização de abril de 2018 para o Windows 10

Mulher usando óculos em uma fábrica
O Windows 10 IoT ajuda você a aprender e fazer mais com maior capacidade de dispositivo.

Nossos parceiros criam continuamente soluções de IoT interessantes e inovadoras. À medida que trabalhamos com eles, pensamos constantemente em maneiras de facilitar a criação de dispositivos com o Windows IoT. Com o nosso mais recente lançamento – a atualização de abril de 2018 para o Windows 10 – adicionamos recursos para agilizar o desenvolvimento, a implantação e o gerenciamento dessas soluções de IoT usando o Windows 10 IoT Core e Enterprise.

Agilize seu desenvolvimento com o Windows 10 IoT Core

A experiência do desenvolvedor para o Windows 10 IoT Core começa com o Centro de Desenvolvimento do Windows e continua com nossas ferramentas do Visual Studio. Com a atualização de abril de 2018, melhoramos os dois e adicionamos novos recursos para tornar os dispositivos de borda ainda mais poderosos.

  • Adicionamos uma seção de Comunidade ao hub do Windows IoT no Centro de Desenvolvimento do Windows, tornando-a o destino ideal para todos os recursos, vídeos, cursos online, treinamento presencial, fóruns de mensagens e outros elementos relacionados à comunidade. Esse hub vincula nossa comunidade com a ajuda e os recursos necessários para obter respostas, conectar-se com outras pessoas e aprender sobre o Windows 10 IoT Core.
  • Ao escrever testes de unidade para um projeto no Visual Studio 2017 voltado ao Windows 10 IoT Core, os desenvolvedores agora podem executar esses testes de unidade de forma remota no dispositivo diretamente do Visual Studio, em vez de implantar testes no dispositivo e executá-los manualmente.
  • Em lançamentos recentes, fizemos investimentos significativos em IA e aprendizado de máquina no Windows e no Azure. Os desenvolvedores que buscam inserir IA em seus aplicativos e dispositivos podem aproveitar os recursos da plataforma de IA do Windows para criar dispositivos mais inteligentes e conexões mais profundas com os clientes.
  • Os OEMs que querem inserir um dispositivo habilitado para voz no mercado rapidamente podem integrar o suporte da Cortana no dispositivo usando o SDK de Dispositivos com Cortana [Prévia]. Com o SDK, os desenvolvedores têm acesso ao vasto conjunto de recursos da Cortana, agregam a interação por voz ao dispositivo e oferecem um produto que melhora continuamente.
  • Os OEMs podem executar a configuração e o gerenciamento remotos de dispositivos em grande escala usando o Azure IoT Device Management. Essa nova implementação de amostra combina um cliente local, um serviço de nuvem e um portal de gerenciamento, permitindo que os operadoras de IoT realizem o gerenciamento de dispositivos na escala da nuvem. Ao contrário das plataformas concorrentes, essa solução aproveita o vasto conjunto de Provedores de Soluções na Nuvem disponíveis na plataforma Windows para potencializar ações como a configuração desejada, atualização de firmware e redefinição de fábrica remotamente na nuvem.
  • Os aplicativos baseados em console são especialmente importantes para executar tarefas e processos em segundo plano em dispositivos IoT sem periféricos. Com essa versão, você pode criar aplicativos de console UWP que são executados em um host de console, como um console de comando ou o PowerShell. Os aplicativos de console UWP também podem usar as APIs do Win32 disponíveis para aplicativos UWP e podem ser publicados e atualizados por meio da Microsoft Store.
  • O Miracast permite que um dispositivo transmite sua tela em um dispositivo de recebimento remoto. Adicionamos um novo pacote de recursos do Miracast ao IoT Core, juntamente com um conjunto de APIs de transmissão para permitir que um dispositivo funcione como um transmissor ou receptor do Miracast. Também adicionamos suporte ao perfil Bluetooth A2DP-SRC , que permite que um dispositivo atue como uma fonte de áudio para streaming Bluetooth, incluindo recursos de controle remoto via Bluetooth usando o perfil AVRCP.
  • Com essa versão, ficou muito mais fácil fazer o flash de uma de nossas placas Qualcomm mais famosas, a DragonBoard 410c. Usando a versão mais recente do Painel do Windows 10 IoT Core, basta conectar a placa, colocá-la no modo flash e fazer o flash do dispositivo diretamente no painel.
  • Para encontrar e conectar-se a redes Wi-Fi, atualizamos a amostra do WiFi Connector para ser compatível com o comando netcmd, que estava obsoleto anteriormente. Este exemplo usa as APIs WiFiAdapter para gerenciar conexões e adaptadores de rede sem fio.
  • Produzir um dispositivo preparado para ser global requer suporte a diversas regiões geográficas, incluindo diferenças nos fusos horários. Contamos com novas APIs relacionadas ao tempo para definir automaticamente o relógio do sistema para a hora e o fuso horário locais com base na localização do dispositivo, permitindo que os OEMs criem uma experiência inicial mais simplificada. Também temos novas APIs de idioma para definir idioma, região, idioma de fala padrão e voz padrão do usuário.

Libere todo o poder do Windows para soluções de IoT

Com o Windows 10 IoT Enterprise, os fabricantes de dispositivos podem aproveitar todos os recursos do Windows 10 para criar dispositivos dedicados, como quiosques. Temos muitos recursos para bloquear dispositivos e incorporamos comentários para melhorar a experiência de fabricantes de dispositivos e dos usuários finais.

  • Nas versões anteriores, simplificamos a configuração e o gerenciamento de dispositivos de quiosque usando o Acesso Atribuído, investindo em cenários como aquele em que um quiosque pode executar um único aplicativo ou em que é possível criar um quiosque que execute vários aplicativos. Melhoramos a experiência nessa versão adicionando suporte a várias telas para casos de uso de sinalização digital. Também adicionamos a capacidade de configurar e executar o Shell Launcher, além dos aplicativos da Loja UWP existentes.
  • Criamos o monitoramento da integridade do quiosque para o Acesso Atribuído, a fim de permitir que os profissionais de TI consultem os quiosques implantados em busca de seu status de integridade mais recente. Os dispositivos com monitoramento de integridade ativado podem ser configurados para enviar alertas ao servidor MDM de modo proativo. Monitoramos três estados do aplicativo: aplicativo em execução, aplicativo não encontrado e falha na ativação do aplicativo. Também desenvolvemos uma lógica para reiniciar o aplicativo automaticamente por até três falhas. Quando um aplicativo trava, os registros podem ser enviados de volta ao portal de alertas para fins de análise.
  • Ao configurar um dispositivo restrito, os profissionais de TI podem usar o Acesso Atribuído para restringir uma conta de usuário selecionada para acessar um único aplicativo do Windows. Um dos recursos mais solicitados do Acesso Atribuído é permitir a mesma experiência restrita para vários usuários. Nesta versão, adicionamos suporte para a atribuição de grupos de usuários ao Acesso Atribuído. Agora, os profissionais de TI podem direcionar a experiência restrita a um grupo de usuários, em vez de um único usuário, usando um grupo local, um grupo do AD ou um grupo do AAD.

Saiba mais e comece a criar hoje mesmo

Temos o compromisso de melhorar nossa plataforma a cada atualização. Para saber mais sobre como criar soluções de IoT usando o Windows 10 IoT e obter mais detalhes sobre a atualização de abril de 2018 para o Windows 10 para IoT, acesse windowsondevices.com.


Observe que o conteúdo presente nas postagens do blog descreve características e funcionalidades que podem variar de acordo com o mercado. Para ver todos os detalhes sobre ofertas de produtos específicos para o seu mercado, acesse Microsoft 365, Office 365, Windows 10 ou Enterprise Mobility + Security.
O conteúdo dos links dessas postagens pode não estar disponível em seu idioma local.