As novas funcionalidades do Microsoft 365 capacitam os profissionais da área de saúde

O atendimento médico evoluiu para um cuidado baseado em equipes, com um aumento na especialização médica, um volume crescente de dados digitais de pacientes e regulamentos mais rígidos quanto à privacidade dos pacientes. Os prestadores de serviços de saúde investem esforços para oferecer o melhor atendimento possível aos pacientes, mas as ferramentas usadas para a coordenação do atendimento ao paciente normalmente são fragmentadas e travam os fluxos de trabalho colaborativo exigidos em um ambiente de atendimento complexo.

No intuito de enfrentar esses desafios, anunciamos hoje novas funcionalidades no Microsoft Teams que capacitam as equipes de saúde e possibilitam às organizações de cuidados médicos a colaborar e se comunicar de maneira segura. Desenvolvido na nuvem segura e dentro das exigências de conformidade do Microsoft 365, o Teams oferece a todos os trabalhadores do setor médico uma maneira familiar de se comunicar em tempo real, de coordenar o atendimento aos pacientes e de aprimorar a eficiência operacional.

Entre os novos recursos avançados de troca de mensagens, estão as notificações prioritárias para mensagens urgentes e a delegação de mensagens para o gerenciamento seguro do atendimento ao paciente. Além disso, as novas melhorias na plataforma oferecem a capacidade de integração de registros médicos eletrônicos para a coordenação do atendimento e tornam o Teams um hub ainda mais robusto para a colaboração das equipes de saúde.

Os novos recursos de troca de mensagens permitem uma coordenação segura do atendimento aos pacientes pelas equipes de saúde

O bom atendimento ao paciente começa com um médico que dispõe de acesso irrestrito às informações adequadas, além da capacidade de se comunicar de maneira ágil e da tranquilidade de saber que toda essa comunicação é protegida e está em conformidade com os regulamentos de proteção de dados de pacientes. Esse equilíbrio entre praticidade e conformidade tem sido um desafio para as equipes de saúde. Como consequência, muitos médicos têm recorrido ao uso de aplicativos comuns de bate-papo como parte do atendimento ao paciente. Isso pode oferecer riscos significativos à segurança, à conformidade e à privacidade dos dados do paciente. E em um setor altamente regulamentado, isso também pode resultar em multas pesadas por inadequação na proteção e governança de dados.

Para ajudar a combater essas lacunas, estamos expandindo o Teams para permitir fluxos de trabalho colaborativos e comunicações seguras adicionais. Seguindo com a experiência móvel personalizável do Teams anunciada no mês passado, estamos apresentando hoje os novos recursos avançados de troca de mensagens. As Notificações prioritárias (no momento, em visualização privada) alertam o destinatário no dispositivo móvel e em computadores quanto a uma mensagem urgente, a cada dois minutos por até 20 minutos, até que uma resposta seja recebida. A Delegação de mensagens (com lançamento em breve) permite que o destinatário delegue mensagens a outro profissional quando o primeiro estiver em uma cirurgia ou não estiver com disponibilidade de atender.

Imagem de três smartphones mostrando um médico recebendo uma mensagem no Teams.

Os médicos costumam receber notificações recorrentes a respeito de informações críticas que precisam ser tratadas de forma diferente de outras mensagens.

Com a delegação de mensagens, os médicos e as equipes podem designar outro profissional para receber as mensagens em seu lugar quando estiverem indisponíveis.

Essas novas funcionalidades somam-se aos novos recursos, como o shifts, uma câmera inteligente com anotações de imagens e compartilhamento seguro que guarda as imagens no Teams e impede que sejam armazenadas automaticamente nos dispositivos do prestador de serviços de saúde, além dos novos modelos do Teams para enfermarias e hospitais, que permitem aos administradores implantar experiências coesas de cuidados médicos no Teams em suas alas, departamentos e hospitais.

Graças ao Teams, a equipe clínica já pode se comunicar e colaborar de forma ágil em um ambiente seguro e em conformidade que reúne os recursos de troca de mensagens, reuniões e chamadas de voz e vídeo, além de acesso a informações do paciente e aplicativos em um hub único para o trabalho em equipe. O Teams permite que os clientes gerenciem operações hospitalares como os turnos de trabalho, os processo de segurança, os suprimentos, a capacidade dos leitos, a duração das internações, além de outras operações críticas.

As novas melhorias na plataforma são compatíveis com a interoperabilidade de dados médicos

Em um momento em que o setor de serviços médicos está em transição para a digitalização de dados dos pacientes, possibilitar a interoperabilidade dos dados se tornou uma prioridade. A Microsoft está enfrentando os desafios da interoperabilidade com o uso de padrões em ascensão, como o FHIR, oferecendo novas oportunidades de transformação digital em todo o espectro do atendimento. O Teams oferece um hub de acesso aos registros médicos digitais e de colaboração em tempo real, aperfeiçoando os fluxos de trabalho para que os profissionais clínicos e operacionais ajudem a gerar melhores resultados para o paciente.

Hoje, anunciamos a capacidade de integração dos dados de registros médicos eletrônicos (EHR) baseados no FHIR com o Teams. Agora, as equipes médicas e hospitalares remotas podem acessar os registros médicos, conversar com os demais membros da equipe e até iniciar uma reunião por vídeo de forma segura e sem ter que ficar trocando de aplicativo. A capacidade de exibir os dados de registros médicos eletrônicos (EHR) no Teams é possível graças às parceiras entre a Microsoft e os líderes em prestação de serviços de interoperabilidade, como Infor Cloverleaf, Dapasoft, Datica, Kno2 e Redox.

Imagem de um laptop e de um smartphone exibindo o Microsoft Teams.

Com a integração dos registros médicos eletrônicos, o Teams possibilita às equipes de saúde usar um hub seguro para a coordenação dos cuidados aos pacientes.

As organizações líderes em cuidados de saúde preferem o Teams para a colaboração segura

Atualmente, 420 mil organizações, 89 das quais integrantes da lista Fortune 100 e muitos dos prestadores de cuidados médicos mais inovadores estão capacitando seus profissionais com o Microsoft Teams. Organizações como a Northwell Health, a maior prestadora de cuidados médicos do estado de Nova York, a South London e a Maudsley NHS Foundation Trust, além do Hospital Saiseikai Kumamoto no Japão elegeram o Teams para promover uma colaboração e produtividade com segurança às suas equipes médicas.

Além disso, a Microsoft encomendou à empresa de pesquisa e consultoria global Frost & Sullivan uma avaliação do Microsoft 365 para as organizações de cuidados médicos, chegando à conclusão de que o Teams enfrenta diretamente os principais desafios dos prestadores de serviços médicos por meio de uma ferramenta de comunicação moderna baseada em bate-papo que não exige que se abra mão da segurança e da conformidade.

“Com base em nossa pesquisa, o Microsoft Teams enfrenta diretamente os principais desafios dos prestadores de serviços médicos no que tange à troca de mensagens eletrônicas em hospitais e sistemas de saúde.”
—Greg Caressi, Frost & Sullivan

Junte-se a nós na HIMSS19 e saiba mais

Na próxima semana, os membros da equipe da Microsoft estarão presentes na HIMSS19, a conferência anual da Sociedade de Sistemas de Gestão e Informações de Saúde. Visite-nos no stand 2500 da Microsoft. Visite também a página O Microsoft 365 e a área de saúde e o site do parceiro para saber mais sobre como o Teams e o Microsoft 365 podem capacitar suas equipes da área de saúde.


Observe que o conteúdo presente nas postagens do blog descreve características e funcionalidades que podem variar de acordo com o mercado. Para ver todos os detalhes sobre ofertas de produtos específicos para o seu mercado, acesse Microsoft 365, Office 365, Windows 10 ou Enterprise Mobility + Security.
O conteúdo dos links dessas postagens pode não estar disponível em seu idioma local.