Use o Desktop Analytics e o aprendizado de máquina para se atualizar, e continuar assim

Com base em nosso trabalho com consumidores e empresas de todos os tamanhos em mais de 800 milhões de dispositivos Windows, aprendemos que é mais fácil implantar o Windows 10 quando usamos a poderosa inteligência da nuvem e o aprendizado de máquina. Desde o lançamento da atualização de abril de 2018 para o Windows 10, aproveitamos a inteligência artificial (IA) em grande escala para melhorar a qualidade e a confiabilidade de nossos lançamentos de versões. E, ao longo do caminho, aprendemos as melhores maneiras de garantir que os dispositivos tenham uma experiência positiva na atualização.

Estamos disponibilizando hoje mesmo os mesmos aprendizados para todas as empresas na versão prévia pública do Desktop Analytics. O Desktop Analytics fornece as informações e a automação necessárias para você se manter atualizado com eficiência. O Desktop Analytics é um serviço conectado da nuvem que se integra ao System Center Configuration Manager e que se integrará ao Microsoft Intune em um futuro próximo. Com o Desktop Analytics, é mais fácil executar as implantações com confiança e manter os computadores atualizados com os mais recentes recursos do Windows 10 de que seus funcionários precisam.

“Com o Desktop Analytics, poderemos automatizar nossos planos-piloto para garantir que seja possível testar e validar todos os cenários de aplicativos e hardware antes da atualização para a versão mais recente do Windows 10.”
—Jason Myers, Líder Sênior de Usuários Finais, Mars

Esse serviço fornece inteligência que ajuda você a tomar decisões mais conscientes sobre a prontidão de atualização de seus clientes Windows. Em combinação com o Configuration Manager, o Desktop Analytics foi projetado para criar um inventário dos aplicativos do Windows em execução na sua organização para depois avaliar a compatibilidade do aplicativo com as atualizações de recursos mais recentes do Windows 10. Ao combinar dados de sua própria organização a dados agregados de milhões de dispositivos conectados a nossos serviços em nuvem, você pode evitar a adivinhação nos testes desses aplicativos e concentrar sua atenção nos principais empecilhos. Historicamente, obter uma perspectiva da compatibilidade de seus aplicativos com os novos lançamentos do Windows demorava muito e era um tedioso processo de testes envolvendo funcionários, mas, agora, isso pode ser automatizado por meio da inteligência do que aprendemos em grande escala na nuvem.

O Desktop Analytics faz recomendações baseadas em dados que permitem que você execute, de forma rápida e fácil, pilotos bem-sucedidos que representam o estado inteiro de seus aplicativos e drivers. Assim você pode usar os sinais de integridade de seus pilotos para avaliar a prontidão de seus ativos e implementar um plano otimizado para a implantação da produção com o Configuration Manager.

Como Jared Spataro, vice-presidente corporativo do Microsoft 365, explicou em setembro passado, o Desktop Analytics é a evolução do Windows Analytics, adicionando uma integração mais profunda ao Configuration Manager e fornecendo uma abordagem baseada em anéis para uma implantação que usa os sinais de integridade.

Para saber mais e começar a trabalhar com a versão prévia pública, leia nosso artigo sobre o Desktop Analytics. Para acessar recursos adicionais, confira a nova Comunidade do Desktop Analytics e leia mais detalhes na Comunidade técnica.

Observe que o conteúdo presente nas postagens do blog descreve características e funcionalidades que podem variar de acordo com o mercado. Para ver todos os detalhes sobre ofertas de produtos específicos para o seu mercado, acesse Microsoft 365, Office 365, Windows 10 ou Enterprise Mobility + Security.
O conteúdo dos links dessas postagens pode não estar disponível em seu idioma local.