Como ser proativo com big data para a análise de dados & planilhas

Você leu os últimos blogs. Você participou das conferências. O Big data se firmou como uma parte fundamental das estratégias de muitas empresas devido ao imenso valor que tem no ambiente competitivo de hoje. O Big Data oferece insights com o potencial de fazer uma empresa decolar ou afundar, e isso não é mais um segredo interno.

Agora que todos estão coletando Big Data, a questão permanece: depois de extraídos, como entender esses dados?

Ser proativo vs. reativo com seus dados

Abordar a análise dentro do Big Data de forma proativa é a melhor maneira de se preparar para o sucesso. Com uma abordagem disciplinada e a compreensão do seu plano e estratégia, além de simplesmente coletar dados, sua probabilidade de sucesso aumenta bastante. Sem conexão e correlação de relacionamentos ou hierarquias, seus dados podem se tornar incontroláveis rapidamente.

Para muitas empresas, essa responsabilidade recai sobre uma posição relativamente nova: o agente de dados. Essa pessoa é encarregada de supervisionar o uso das informações como um ativo, geralmente pelo processamento de dados e análise.

Como transformar dados em informações e informações em inteligência

Compreender o Big Data é como compreender qualquer tipo de dados externos, mas em uma escala diferente. Ao lidar com ativos de informações de alto volume, alta velocidade e/ou alta variedade, você ainda quer manter o custo-benefício e gerar decisões.

Em um exemplo comum, os dados sobem de várias fontes e passam por armazenamentos. Neles os dados chegam até suas ferramentas de relatórios e análise, às vezes na forma de planilhas.

Alguns dados aparecem em tamanhos gerenciáveis, e você pode simplesmente analisá-los sem muitas etapas.

Mas geralmente suas consultas podem resultar em dezenas de milhares de linhas.

Essas planilhas podem parecer assustadoras. Linhas após linhas, colunas após colunas, mas tudo isso tem valor. Infelizmente, embora o Big Data tenha aumentado, a capacidade humana de processar essas informações brutas a tempo não aumentou.

Em função da escala do Big Data, suas ferramentas são a melhor forma de enfrentar os desafios que você pode encontrar. A limpeza e as transformações repetitivas ajudam a manter seus dados gerenciáveis. Algumas ferramentas inclusive analisam seus dados e apresentam várias opções de tabela.

Conheça suas ferramentas

Essas ferramentas para Big Data cobrem um amplo espectro de complexidade. As ferramentas de relatórios mostram o que aconteceu. As ferramentas de análise mostram por que algo aconteceu. As ferramentas de monitoramento mostram o que está acontecendo ativamente. As ferramentas de previsão conjeturam o que poderia acontecer. As ferramentas preditivas mostram o que provavelmente acontecerá. As ferramentas prescritas podem inclusive mostrar os tipos de ação a serem tomados.

O Big Data não precisa ser intimidador. Aborde-o com flexibilidade e compreensão do que suas ferramentas estão fazendo, e você estará no caminho certo para tomar decisões com confiança.

Sobre o autor

The Microsoft 365 team is focused on sharing resources to help you start, run, and grow your business.

Introdução ao Microsoft 365

É o Office que você já conhece, com as ferramentas para trabalhar melhor em equipe e produzir mais, a qualquer momento e em praticamente qualquer lugar.

Compre agora
Conteúdo relacionado
Manage my business

Como as ferramentas de business intelligence estão ajudando uma empresa de sorvetes socialmente responsável a alcançar o sucesso

Leia mais
Manage my business

Perguntas e respostas: Como a Molly Moon’s usa dados analíticos para retribuir

Leia mais
Manage my business

Como entender business inteligence através da visualização de dados

Leia mais

O Centro de Crescimento não constitui consultoria tributária ou financeira profissional. Entre em contato com um profissional financeiro ou tributário para discutir sua situação.