Artigo

​​Itaminas automatiza e reduz o tempo da pesagem de minérios pela metade com solução IoT do Microsoft Azure​

​​Com o apoio da CrazyTechLabs, empresa parceira Microsoft, a Itaminas conseguiu dar suporte à sua meta de crescimento com uma solução robusta e sofisticada com alta disponibilidade, segurança, facilidade e agilidade para o desenvolvimento em um ambiente que empodera a empresa para alcançar cada vez mais.​

Fundada em 1958, a Itaminas Comércio de Minérios produz aproximadamente 6,5 milhões de toneladas de minério de ferro por ano e trabalha com a meta de crescimento para a produção de 10 milhões de toneladas por ano. 

Para alcançar essa meta, a empresa passou a enfrentar o desafio de aumentar a sua eficiência operacional e automatizar alguns processos. Foi quando a Itaminas buscou o suporte da CrazyTechLabs, empresa parceira Microsoft, para desenvolver um sistema capaz de melhorar as pesagens e o controle de frota interna com localização em tempo próximo do real. 

Ambiente robusto com IoT e suporte do Microsoft Azure 

A solução encontrou o suporte desejado no Microsoft Azure, no modelo de plataforma como serviço, o que reduziu o tempo de desenvolvimento da empresa. “Foram utilizadas as melhores práticas apontadas pela Microsoft no quesito segurança e alta disponibilidade em conjunto com uma nova arquitetura, que trouxe um custo efetivo excelente e uma garantia de retorno de investimento ímpar nesse projeto”, afirma João Marcos Rezende, supervisor de TI na Itaminas.   

A arquitetura reúne dispositivos em balanças e locais de pesagem conectados pelo IoT Edge, com recursos de nuvem altamente escaláveis e com carga dinâmica, garantindo o funcionamento e alto nível de disponibilidade. Dados trafegados por meio de redes privadas e a autenticação de usuários e recursos por meio do Azure Active Directory, garantindo a segurança da solução em uma rede privada, com a facilidade de um login único para os usuários e a gestão de tecnologia.  

“As integrações com o ERP, os controladores de frota, os sistemas de controle de perímetro e os gravadores digitais são feitas em uma arquitetura de microsserviços com recursos no modelo Serverless. Assim, trazemos alta disponibilidade, integridade e principalmente escalabilidade com custo conhecido”, complementa João.  

Uma nova realidade com agilidade, automação e visão para o futuro 

O tempo de pesagem foi automatizado e reduzido pela metade. Todas as medidas dos materiais são aferidas e conferidas por meio de algoritmos acrescidos de imagens de câmeras, além de integrações voltadas à auditoria nos fluxos de trabalho. “Atualmente percebemos uma melhoria na taxa de chamados para acompanhamento de pesagens, na geração de relatórios de apuração e prestação de contas”, explica João. 

O processo foi otimizado com a redução quase total dos erros de pesagem, assim como a liberação de postos de trabalho para outras funções.  

“A Microsoft é uma parceira fundamental, provendo por meio de sua rede de parceiros e suporte um valor muito grande ao processo, hoje temos na Microsoft e na CrazyTechLabs parcerias que acreditamos serem duradouras e muito vantajosas para a Itaminas”, finaliza.