Visão geral CAL e MLs CAL Suites CAL Suite Bridges Controle de licenciamento

Visão geral


O licenciamento de software com CALs e MLs pode ser complicado devido à natureza técnica dos produtos para servidores e redes. A Microsoft oferece uma CAL baseada em dispositivo (CAL do dispositivo) ou uma CAL baseada em usuário (CAL do usuário) para compra. Além disso uma licença EC (External Connector) é oferecida para alguns produtos, como uma opção para lidar com cenários de cliente específicos.

Para o gerenciamento de dispositivos, a Microsoft oferece MLs de servidor para gerenciamento de OSEs (ambientes de sistema operacional) de servidor. Para o gerenciamento de dispositivos que não sejam de servidor, a Microsoft oferece MLs de Cliente de OSE e MLs de Cliente do usuário.

Esta visão geral é apenas para fins de referência. Antes de comprar, você deve visitar a seção "Como comprar" de cada produto e consultar seu representante da Microsoft ou revendedor local com relação às suas necessidades específicas de licenciamento.

CALs do usuário


Com a CAL do usuário, você compra uma CAL para cada usuário que acessa o servidor para usar serviços como armazenamento de arquivo ou impressão, independentemente do número de dispositivos que eles usam para esse acesso. A compra de uma CAL do usuário terá mais sentido se os funcionários da sua empresa precisarem de acesso em roaming à rede corporativa pelo uso de vários dispositivos ou de dispositivos desconhecidos, ou se você simplesmente tiver mais dispositivos que usuários em sua organização.

Licença de acesso para cliente baseada no usuário

No Data Available

CALs do dispositivo

Com uma CAL do dispositivo, você compra uma CAL para cada dispositivo que acessa seu servidor, independentemente do número de pessoa que usam esse dispositivo para acessar o servidor. As CALs do dispositivo podem ter maior sentido econômico e administrativo se sua empresa tem trabalhadores que compartilham dispositivos, por exemplo, em diferentes turnos de trabalho.

Licença de acesso para cliente baseada no dispositivo

No Data Available

External Connectors


Se desejar que usuários externos (como parceiros de negócio, prestadores de serviço externos ou clientes) possam acessar a sua rede, você tem duas opções de licenciamento:
  • Adquirir CALs para cada um de seus usuários externos.
  • Adquirir licenças EC (External Connector) para cada servidor que será acessado por seus usuários externos.

Licenciamento External Connector

No Data Available
Um usuário externo é uma pessoa que não tem acesso de nível de funcionário à rede da sua empresa ou de suas afiliadas nem é alguém para quem você forneça serviços hospedados. Uma licença EC atribuída a um servidor permite o acesso por qualquer número de usuários externos, contanto que o acesso seja para o benefício do licenciado e não do usuário externo. Cada servidor físico acessado por usuários externos requer apenas uma licença EC, independentemente do número de instâncias de software em execução. Uma "instância" é uma cópia de software instalada.

O direito de executar instâncias do software para servidores é licenciado separadamente. A EC, assim como a CAL, simplesmente permite o acesso. A decisão sobre adquirir CALs ou uma EC para usuários externos é primariamente financeira.

Licenciamento de servidor que não requer CALs

Alguns produtos para servidores estão disponíveis para serem licenciados "por núcleo" ou "por instância".

Licenciamento por núcleo

No modelo Por núcleo, quando o software para servidores está em execução no OSE físico, você deve licenciar todos os núcleos físicos do servidor. Para determinar o número de licenças de núcleo que você precisa, conte o número total de núcleos físicos de cada processador no servidor e, em seguida, multiplique esse número pelo fator de núcleo apropriado. Você não precisa comprar CALs adicionais.

Software licenciado por núcleo

No Data Available

Licenciamento Specialty Server

As Specialty Servers são licenças somente para servidores que geralmente não requerem CALs. As Specialty Servers requerem uma licença de servidor para cada instância do software para servidores em execução em um servidor. Você pode executar a instância em um ambiente de sistema operacional físico ou virtual. Como exceção, alguns produtos fornecem direitos de uso mais específicos.
No Data Available
Exemplos de licenciamento Specialty Server incluem o Windows Server Essentials e o Forefront Identity Manager – Windows Live Edition.

Licenciamento Management Server

No modelo de licenciamento Management Server, você deve adquirir e atribuir o número exigido de MLs da categoria (servidor e/ou cliente) e do tipo (OSE e/ou Usuário) apropriados para o dispositivo no qual os OSEs devem ser gerenciados. Os direitos de executar o software para servidores de gerenciamento estão incluídos com a ML, portanto você não precisa adquirir licenças separadas para o software para servidores de gerenciamento.

O gerenciamento de OSEs de servidor requer MLs de Servidor (apenas o tipo OSE é oferecido), enquanto que o gerenciamento de OSEs que não sejam de servidor requer MLs de Cliente (os tipos OSE/Usuário são oferecidos).

Software licenciado por ML

No Data Available
Para obter uma lista de produtos de servidor da Microsoft e as CALs ou MLs aplicáveis, consulte a Guia de CALs e MLs de produto.

Recursos relacionados


Perguntas frequentes
Encontre respostas para as consultas sobre licenciamento de produto da Microsoft feitas por clientes como você.

Pesquisa do licenciamento de produto
Encontre direitos de uso, pontos por programa e observações especiais sobre produtos individuais, bem como documentos de suporte relacionados ao Licenciamento por Volume.

Termos do Produto explicados
Examine esse guia baseado em cenário para ajudá-lo a entender como os modelos de licenciamento da Microsoft se aplicam a soluções comuns de TI.

Ativação de produto e chaves
Obtenha instruções de ativação, incluindo quais produtos exigem uma chave.

Ferramenta de decisão sobre Licença de acesso para cliente
Obtenha ajuda ao considerar CALs do usuário versus CALs do dispositivo em relação ao contexto de fatores como conformidade, custo geral, perfis de usuário e crescimento organizacional.