Nuvem de Confiança da Microsoft na Indústria Fabril

Two people using HoloLens 2 while working on a machine.

Atinja o sucesso na indústria fabril com soluções na nuvem

A Quarta Revolução Industrial difundiu-se por todo o mundo. Os fabricantes – da produção discreta aos agroquímicos – passaram das primeiras experiências em IoT e aprendizagem automática a um estado de rápida adoção e dimensionamento. Tecnologias avançadas como a informática em nuvem, inteligência artificial, aprendizagem automática, realidade mista e duplos digitais permitem aos fabricantes otimizar as fábricas digitais, rentabilizar produtos e serviços ligados, criar novas linhas de serviço, reduzir custos, aumentar a sustentabilidade e cumprir os regulamentos.

Esta inovação resulta numa grande quantidade de dados que devem ser recolhidos, analisados e utilizados para tomar medidas. Conseguir aproveitar todo o potencial destes dados pode exigir conformidade com requisitos regulamentares como o Regulamento Geral Sobre a Proteção de Dados (RGPD), que eleva a fasquia relativa à segurança, privacidade e conformidade dos dados.

A Microsoft tem um histórico de aconselhamento aos seus clientes sobre como cumprir regulamentos complexos. Por exemplo, estamos empenhados em ajudar os clientes na indústria fabril a compreender o RGPD e as consequências do mesmo. Disponibilizamos aconselhamento sobre como desenvolver estratégias de conformidade com o RGPD e fornecemos ferramentas e capacidades que aceleram este percurso. O nosso amplo conjunto de produtos e serviços na nuvem é criado de raiz para dar resposta às exigências de segurança e privacidade mais rigorosas.

|

A transformação digital ajuda as indústrias e as empresas a aproveitar as novas oportunidades e inovações em todo o mundo. No entanto, ser uma empresa digital não requer apenas implementar novas tecnologias. Os fabricantes têm também de navegar num mundo complexo de conformidade e risco jurídico no seu percurso.

 

Para ajudar os líderes empresariais, a Microsoft oferece soluções na nuvem inovadoras e de confiança que cumprem regulamentos como o RGPD. Estas soluções podem ajudar os fabricantes na transformação digital e conformidade com os regulamentos da indústria, enquanto empresas baseadas na nuvem.

 

O eBook Transformação Digital na Nuvem fornece aos líderes empresariais e aos consultores de conformidade um resumo de abordagem às implicações estratégicas da transformação digital. Inclui um debate sobre tópicos como a privacidade, segurança, confiança, conformidade com novos regulamentos como o RGPD e questões de responsabilidade social das empresas.

 

As tecnologias na nuvem, como a IA, estão a evoluir a um ritmo avassalador, levando a desafios adicionais como a cibersegurança, o potencial impacto das tecnologias no mercado laboral e a necessidade de formação digital. Acreditamos que os estados, a indústria e a sociedade civil desempenham papéis importantes na concretização de oportunidades e na resolução dos desafios da Quarta Revolução Industrial.

 

Para responder a estes desafios, atualizámos Uma Nuvem para o Bem Geral, com informações gerais sobre políticas para estados e indústrias em todo o mundo. Esperamos que o guia de transformação digital e as informações gerais sobre políticas ajudem os nossos clientes – nos setores público e privado – a criar soluções na nuvem que sejam de confiança, responsáveis e estejam disponíveis para todos.

 

Na Microsoft, entendemos que somos mais do que um simples prestador de soluções. Como parceiro de confiança, estamos empenhados em ter uma abordagem holística e multifacetada que permita um percurso de transformação digital simples para os clientes.

Nos últimos anos, os ciberataques causaram danos económicos, puseram vidas em risco e comprometeram a confiança numa computação na nuvem e Internet seguras. Estes ataques dilacerantes colocaram a segurança em posição de destaque, já que as falhas da mesma afetam milhões de utilizadores em diferentes indústrias.

 

Os prejuízos são impressionantes: A Cybersecurity Ventures previu que o cibercrime irá custar 6 biliões de dólares por ano até 2021 globalmente, em comparação com os 3 biliões em 2015. A cibersegurança é atualmente uma grande preocupação para o público (cidadãos e clientes), executivos, empresas e estados em todo o mundo.

 

Na Microsoft, estamos ativamente envolvidos na segurança de dados desde que criámos a Trustworthy Computing em 2002. Desenvolvemos o Ciclo de Vida de Desenvolvimento Centrado na Segurança (CVDCS) para permitir o desenvolvimento de software que consiga resistir a ataques maliciosos.

 

Desde então, fortalecemos a segurança em todos os pontos finais críticos do atual panorama baseado na nuvem e em dispositivos móveis, em diferentes plataformas e em ambientes complexos. Introduzimos novos serviços como o Microsoft Cloud App Security, o Microsoft Defender para Endpoint e a Gestão de Segurança Avançada do Office 365. Incorporamos as informações nos nossos serviços de segurança, incluindo o Centro de Segurança do Azure e o Azure ATP.

 

Estamos comprometidos em permitir a segurança das empresas digitais. A Microsoft criou estreitas relações na indústria da cibersegurança, ao adicionar Informações Sobre Ameaças do FireEye iSIGHT ao Microsoft Defender para Endpoint e colaborar no Enterprise Mobility + Security com a Lookout e a Ping Identity.

 

A Microsoft investe mil milhões de dólares todos os anos em cibersegurança, incluindo proporcionar uma plataforma de segurança abrangente, desenvolver novas tecnologias e criar parcerias generalizadas com a indústria. A nossa abordagem é proteger, detetar e responder a ameaças de segurança:

  • Proteger todos os pontos finais, de sensores e datacenters a identidades e aplicações SaaS.
  • Detetar ameaças com a dimensão e as informações da nuvem, aprendizagem automática e monitorização comportamental.
  • Responder rápida e abrangentemente, facultando aos clientes informações práticas e holísticas.

Além disso, a Microsoft investe e desenvolve tecnologias de segurança como o Azure Sphere para proteger a nuvem e o edge. Continuamos a avançar para a criação de uma Convenção Digital de Genebra para proteger as pessoas no ciberespaço em tempos de paz. Recentemente, assinámos o Acordo sobre as Tecnologias de Cibersegurança para otimizar a resiliência e segurança online em todo o mundo. O Acordo sobre as Tecnologias de Cibersegurança, também assinado por fabricantes como a ABB, Dell e HP, é a primeira iniciativa global promovida pela indústria para estabelecer os seguintes quatro princípios de cibersegurança para o setor tecnológico:

  • Proteger todos os nossos utilizadores e clientes.
  • Opor-se a ações para atacar cidadãos e empresas inocentes, seja qual for a sua origem.
  • Disponibilizar uma maior proteção de cibersegurança aos utilizadores, clientes e programadores.
  • Aliar-se entre si e a outros grupos com a mesma mentalidade no sentido de melhorar a cibersegurança. Este é um passo importante que conta já com apoio alargado de muitos dos líderes do setor tecnológico e empresas de cibersegurança. Num futuro próximo, acreditamos que estes números vão aumentar.

Saiba mais sobre Cibercrime e Cibersegurança

O número de dispositivos ligados e inteligentes em todo o mundo aumenta rapidamente. Um dos elementos críticos que os fabricantes podem aproveitar é a norma OPC Unified Architecture (OPC UA). Esta norma garante a troca de dados segura e fiável entre milhões de aplicações e equipamentos industriais.

 

A Microsoft é parceira de longa data da OPC Foundation e está fortemente empenhada na OPC UA. A nossa colaboração começou em 1994, envolvendo a especificação OLE para Controlo de Processos para Windows. Desde então, incluiu iniciativas-chave, como o nosso suporte para OPC UA em plataforma neutra nas ofertas de IoT, incluindo o Azure IoT Suite e a Plataforma Universal do Windows, bem como o nosso contributo de uma pilha de referência .NET Padrão para o open source GitHub da OPC Foundation.

 

Ao tirar partido da OPC UA e de tecnologias da Microsoft, os fabricantes conseguem um percurso mais seguro para a aquisição de informações comerciais de valor, com recurso a dados de produtos e serviços ligados.

Atualmente, quase todos os clientes de produção em transformação digital estão a tornar-se parcialmente numa empresa de software. Os nossos clientes não estão apenas a transformar as suas operações com o nosso software e os nossos serviços, estão também a colaborar com engenheiros e consultores da Microsoft para criar novas soluções digitais que sejam executadas nas nossas plataformas. Os avanços tecnológicos, a adoção de serviços da nuvem, a análise de dados e a inteligência artificial vão acelerar este fenómeno.

 

À medida que a colaboração com os clientes aumenta, surgem mais perguntas sobre quem detém as patentes de segurança e a propriedade intelectual (PI) correspondente. Para resolver estas questões, elucidar e dar confiança aos nossos clientes, desenvolvemos um conjunto de princípios para tecnologias cocriadas e PI. A Iniciativa de Inovação Partilhada foi concebida para atingir um equilíbrio saudável que ajudará os nossos clientes a expandir os seus negócios através das tecnologias e permitir que a Microsoft continue a melhorar os produtos da nossa plataforma.

Two people working in a manufacturing environment wearing protective glasses.

A transformação digital da indústria fabril

Utilizar a tecnologia da nuvem para atingir a conformidade regulamentar explora como a nuvem e a IA ajudam os fabricantes – especialmente em produção discreta, química, agroquímica e energética – a prosperar em ambientes de produtividade complexos.

Recursos adicionais

Histórias de clientes

Série de podcasts em vídeo sobre a tecnologia digital: Estratégias para líderes

Cibercrime e cibersegurança


Documentos

Soluções de produção discreta da Microsoft

Soluções da Microsoft para químicos e agroquímicos


Conformidade

ISO/IEC 27001

ISO/IEC 27018

SOC 1, 2 e 3